Lituânia: Gabrielė Rybko "expulsa" da votação do público do 'Eurovizijos 2019'


"Lay it Down", tema defendido por Gabrielė Rybko, esteve fora da votação do público do Eurovizijos 2019, depois da empresa do pai da cantora oferecer descontos a quem votasse na candidatura da filha.

Onze candidatos disputaram, ontem, a última eliminatória do Eurovizijos 2019, mas Gabriele Rybko, em defesa de "Lay it Down", estava automaticamente fora da próxima fase do certame, depois de ter sido penalizada pela LRT e colocada de fora da votação do público.


Oitava classificada na votação dos jurados, que foram na gravação da gala em meados de janeiro, a cantora precisava de uma alta pontuação do público para seguir em frente no certame. Então, a empresa UAB Ežerėlis Vaivorykštė, detida pelo pai da cantora, começou a oferecer descontos nos seus produtos de playground a quem apresentasse comprovativos de ter votado na candidatura de Gabriele Rybko: "Oferecemos até 25% de desconto em todos os itens em quem votar na Gabriele" pode ler-se no post colocado nas redes sociais.

Foto do Facebook / O anúncio do Rybko no Facebook

Apesar da cantora garantir que se "tratava de um negócio de publicidade" e desmarcando-se de uma possível subornação de votos, "se eu comprasse cartões telefónicos, isto seria suborno. Isto é patrocínio. Não pedi a ninguém para votar, apenas apelei ao apoio do público", a emissora lituana LRT entendeu o acto como uma violação do regulamento. "Oferecer descontos numa loja em troca de votos é equivalente a comprar votos. Analisámos a situação e poderíamos colocar a cantora fora da competição" afirmou Audrius Girzadas, chefe de delegação do país, garantindo que o comité optou por colocar a cantora fora da votação do público, o que levou ao seu afastamento do concurso.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte e Imagem: 15mintlrt / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários