Estónia: ERR permite faixas de apoio pré-gravadas na Final do 'Eesti Laul 2019'


A emissora estatal da Estónia revelou que, pela primeira vez, permite faixas de apoio pré-gravadas na Final do Eesti Laul 2019.


A ERR, emissora estatal da Estónia, revelou que, pela primeira vez, permitirá aos artistas utilizarem faixas de apoio pré-gravadas na Final do Eesti Laul 2019, algo que acontece noutras finais nacionais como, por exemplo, na Suécia. Assim, na Grande Final de sábado, os finalistas poderão optar pela utilização destas faixas ou pela presença de backing singers.

Dagmar Oja, Rolf Roosalu e Kaire Vilgats, responsáveis pelos backing vocals da maioria dos participantes deste ano, já lamentaram a decisão da ERR: "A mudança claramente não é agradável para nós, mas podemos lidar com isto. Fica um sentimento de que os artistas não confiam em nós e usarão vocais gravados anteriormente" afirmou Dagmar.

Aceda, de seguida, aos finalistas da competição:

Sissi – "Strong"
Lumevärv ft. INGA – "Milline päev"
Victor Crone – "Storm"
Kerli Kivilaan – "Cold Love"
xtra basic & Emily J – "Hold Me Close"
Kadiah – "Believe"
Synne Valtri – "I’ll Do It My Way"
Stefan – "Without You"
The Swingers, Tanja & Birgit – "High Heels In The Neighbourhood"
Uku Suviste – "Pretty Little Liar"
Inger – "Coming Home"
Sandra Nurmsalu – "Soovide puu"

Estreante em 1994, a Estónia participou em 24 edições do Festival Eurovisão, registando uma vitória (2001), um terceiro lugar (2002) e 15 presenças na grande final. Em Lisboa, o país foi representado por Elina Nechayeva e "La Forza" terminando em 8.º lugar com 245 pontos, tendo sido a candidatura mais votada por Portugal (12 pontos do júri e 7 do televoto).


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!


Fonte: ERR/ Imagem: eurovision.tv/ Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários