ESC2019: Sahlene integra a comitiva do Reino Unido no Festival Eurovisão 2019


Terceira classificada no Festival Eurovisão de 2002, a cantora sueca Sahlene integrará a comitiva do Reino Unido em Telavive, sendo backing singer na atuação de Michael Rice.



A cantora sueca Sahlene, terceira classificada no Festival Eurovisão em 2002 pela Estónia, será backing singer de Michael Rice, representante do Reino Unido, em Telavive. O anúncio foi feito nas redes sociais, com a cantora a recordar as participações em 1999 e 2016 enquanto backing singer. 


Posteriormente, em declarações à ERR, a cantora deixou uma mensagem de apoio ao sueco Victor Crone, representante da Estónia no evento: "Ele que seja o mais honesto possível sobre representar um país que não o seu e que deixe a Estónia orgulhosa" afirmou, manifestando o desejo de voltar a representar o país no Festival Eurovisão, "Espero que um dia ainda possa voltar ao Eesti Laul, se ainda tiverem espaço para mim". De realçar que, este ano, a cantora enviou uma candidatura para o concurso, tendo sido recusada pela emissora estatal.

Terceira classificada em 2002, em representação da Estónia com Runaway, Sahlene esteve por outras três ocasiões no palco eurovisivo: em 1999 integrou a comitiva sueca a Israel, em 2000 fez parte do coro da candidatura de Malta e, em 2016, foi backing singer da canção da Austrália. Além disso, em três ocasiões distintas, tentou representar a Suécia no Festival da Eurovisão: em 2003, terminou na 5.ª posição da quarta semifinal do Melodifestivalen com We're Unbreakable, falhando o apuramento por apenas 61 votos, posição que repetiu em 2006, desta vez com This Woman; em 2009 regressou ao concurso, juntamente com Maria Haukaas Storeng e o tema Killing Me Tenderly, terminando na 7.ª posição da semifinal, falhando novamente o apuramento.





Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Delif/Eurovoix/ Imagem: eurovision.tv/ Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários