[ZONA DE DISCOS #72] Conchita: "From Vienna with Love"


Todas as semanas no ESCPORTUGAL, a crítica aos álbuns editados por artistas que participaram no concurso Eurovisão da Canção e/ou seleções nacionais ao longo dos anos. 
Esta semana, a análise recai no novo álbum de Concita.
O responsável da rubrica é Carlos Carvalho.


Lançamento: 19 de outubro de 2018
Nota: 5/10


Os fãs podem ficar descansados. Conchita (outrora Conchita Wurst) está de volta com aquele que é mais um sonho realizado na sua carreira, um disco gravado com a Orquestra Sinfónica de Viena, adequadamente intitulado “From Vienna with Love”.
Enquanto Thomas Neuwirth dá sinais visíveis de um certo cansaço da personagem que lhe deu fama internacional, desde a retirada do sobrenome “Wurst” a um visual que paulatinamente mostra querer romper com a "persona" de “Rise like a Phoenix”, “From Vienna with Love”  permite assim um maior compasso de espera para Thomas realmente decidir que futuro artístico irá querer seguir.
“From Vienna with Love” apresenta uma série de baladas românticas intemporais, passando por filmes da Disney – “Colours of the wind” de “Pocahontas” -, musicais intemporais como “The Sound of Music”, não esquecendo algumas contribuições recentes da sétima arte, como o tema popularizado por Sam Smith, “Writings On The Wall”, para a banda sonora de “Spectre - 007”, não esquecendo Barbra Streisand ou o seu carimbo eurovisivo “Rise like a Phoenix”.
Tudo aqui se aproxima da perfeição, desde a destreza técnica da orquestra (claro), às interpretações sentidas e sem mancha de Conchita. O problema é que se trata de mais do mesmo, desde o reportório ao ambiente musical evocado. É aquele tipo de álbum em que conhecemos as músicas de cor mesmo sem nunca ter comprado qualquer tema que integra o registo aqui em análise. Estamos convencidos que é um disco para os verdadeiros fãs de Conchita e/ou para quem aprecia ouvir a milésima reciclagem de canções de sempre. “From Vienna with Love” não traz surpresas e, por isso mesmo, não irá levar ninguém à descoberta que não seja pautado pelos dois pressupostos atrás enunciados. E talvez prosseguindo nestas ideias base, foram já várias as pessoas que adquiriram “From Vienna with Love”. O disco entrou diretamente para o #1 do top austríaco e oito semanas após a sua estreia está no #27, com um disco de ouro (7 500 cópias), para além de tímidas aparições nos topes alemão e suíço, #s 77 e 84 respetivamente.
Como grande surpresa do disco, destacamos “Uninvited”, um original de Alanis Morissette, originalmente lançado em 1998, como parte de “City of Angels”.

Temas promocionais
“The Sound of Music”

          
Tema destacado por Carlos Carvalho: “Uninvited”


Alinhamento
Writings On The Wall
Have I Ever Been In Love
Colors Of The Wind
The Sound Of Music
Get Here
Where Do I Begin
All By Myself
The Way We Were
Rise Like A Phoenix
Moonraker
Uninvited
Für Mich Soll's Rote Rosen Regnen

Pode ouvir o disco AQUI.
Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OPINIÃO CARLOS CARVALHO / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários