Reino Unido: Personalidades britânicas apelam ao boicote da BBC ao Festival Eurovisão 2019


Roger Waters, Peter Gabriel, Vivienne Westwood e Mike Leigh são alguns dos artistas que assinaram uma carta dirigida à BBC para que a emissora boicote o Festival Eurovisão 2019, pressionando a EBU/UER a organizar o certame noutro país.


A polémica em torno da organização do Festival Eurovisão 2019 em Israel continua longe de terminar. Esta manhã, a emissora britânica BBC, responsável pela participação do Reino Unido no certame, recebeu uma carta assinada por cinquenta artista a apelar ao boicote à edição deste ano. Com o boicote britânico, os artistas garantem que a EBU/UER (União Europeia de Radiodifusão) seria pressionada a atribuir o Festival Eurovisão 2019 a outra cidade europeia.

Roger Waters, Peter Gabriel, Vivienne Westwood, Mike Leigh, Ken Loach e Julie Christie são alguns dos artistas que assinaram a carta, que apela a que a BBC use a sua influência na EBU/UER para alterar os planos para a edição deste ano. A carta relembra ainda que "a EBU escolheu Telavive como sede em vez da ocupada Jerusalem – mas isso nada faz no sentido de proteger os palestinianos do roubo de terras, das expulsões, das balas, dos espancamentos e muitas outras atrocidades praticadas pelas forças de segurança israelitas" apelando a que "haja uma relocalização do Eurofestival para um país onde não sejam cometidos este tipo de crimes contra a liberdade". A BBC manteve o silêncio e recusou comentar a carta.

Estreante em 1957, o Reino Unido conta com 61 participações no Festival Eurovisão, destacando-se as cinco vitórias (67/69/76/81/97), bem como outras 18 posições no pódio da competição. Contudo, os últimos anos não têm sido gloriosos para o país: desde 2003, o Reino Unido apenas conta com 1 posição no top5 do certame e terminou em último lugar em três anos (2003, 2008 e 2010). Em Lisboa, SuRie representou o país com "Storm", terminando em 24.º lugar com 48 pontos, tendo a atuação ficado marcada por uma invasão de palco.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: BBC / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

1 comentário:

  1. Anónimo12:30

    Claro. e todos os crimes cometidos contra as mulheres, os homosexuais, a exploração de crianças e a sua transformação em soldados e a corrupção geral, onde andavam e andam estes senhores tão defensores das liberdades que nunca se queixaram disso?
    A Palestina é uma terra de liberdade e uma Democracia à séria. Quando foram as últimas eleições por lá?
    Tenham vergonha e deixem de olhar só para um lado

    ResponderEliminar