França: 'Destination Eurovision 2019' volta a descer nas audiências


A segunda semifinal do Destination Eurovision 2019 perdeu cerca de 600 mil espectadores comparativamente com a primeira gala, tendo sido o quarto programa mais visto do dia.


Depois de registar mais de 2 milhões e 100 mil espectadores na estreia, valor aquém do registado na edição passada, o Destination Eurovision 2019, final nacional francesa para o Festival Eurovisão, voltou a descer nas audiências. Em média, cerca de 1 milhão e 487 mil espectadores acompanharam a transmissão da France2, registando uma perda de 653 mil espectadores e 4% de quota de mercado, ficando-se pelos 7,8% de share, tendo sido o quarto programa mais visto do dia em França.


competiu por 61 ocasiões no certame europeu, tendo falhado apenas as edições de 1974 e 1982, sendo um dos países com mais sucesso na competição, com cinco vitórias no histórico (a última remonta a 1977). Em Lisboa, o país foi representado pelo duo Madame Monsieur e "Mercy": apesar de serem apontados como um dos favoritos à vitória, França não foi além do 13.º lugar com 173 pontos, 5 oriundos do televoto português.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL/France2/ Imagem: Google / Vídeo: Eurovisiontv

5 comentários:

  1. Anónimo13:37

    Simplesmente os resultados nao agradam. So a comunidade LGBT e que vota e por isso ja sabemos quem ganha

    ResponderEliminar
  2. Anónimo13:42

    Quiçá aconteça por se conhecer as canções na íntegra desde Outubro, onde só há uma ou outra que mereça a pena voltar a ouvi-la. Se no conjunto houvesse mais qualidade e diversidade acredito que as audiências seriam superiores. Contudo, espero que não se lembrem de deixar de mostrar as canções antes do certame, que assim a votação é mais consciente.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:38

    Depois dos problemas de som da primeira semifinal é normal haver esta descida

    ResponderEliminar
  4. Anónimo17:13

    Ainda falam de Portugal, a nossa final nacional tem mais espectadores que a Francesa, atendendo ao numero de populacao de cada pais

    ResponderEliminar
  5. Anónimo18:57

    É preciso tb compreender que a França não faz parte desses países que respiram Eurovisão de forma apaixonada e quase obsesiva. Apesar do resultado do Amir em 2016 que lhe permite hoje ter reconhecimento junto do publico francês, a Eurovisão em si é ainda algo irrelevante aos olhos do país, especialmente quando a língua inglesa "domina" o concurso. E nós sabemos a relação de cão e gato entre a França e o Reino Unido no que respeita ao seu "sentido nacionalista e patriótico francês e a nostalgia da superioridade imperialista inglesa" e ao ódio que a França sempre teve pelo idioma ingles em paralelo à indiferença do mundo anglófono pelo resto do mundo e as demais línguas. Há muitas questões abaixo da linha do iceberg que superam o impacto do mundo LGBTQ na Eurovisão. Qd se diz que a Eurovisão é um concurso político, não é uma afirmação ligeira que se expressa mas sim uma história europeia que herdamos desde a 2ª guerra mundial e da qual nunca nos livraremos.

    ResponderEliminar