FC2019: RTP recebeu mais de 200 canções para o Festival da Canção 2019


Até ao final do mês de outubro, a RTP recebeu mais de 200 candidaturas de livre submissão concorrentes ao Festival da Canção 2019. Uma delas estará na corrida para representar Portugal no Festival Eurovisão em Telavive.


A RTP revelou, esta tarde, que recebeu mais de 200 canções para o Festival da Canção 2019, certame que selecionará os representantes de Portugal no Festival Eurovisão 2019, que decorrerá em Telavive. Depois de ter selecionado duas canções para o Festival da Canção deste ano, sendo a primeira vez que a emissora abriu inscrições espontâneas desde 2011, a edição do próximo ano contará com apenas uma canção selecionada do concurso público.

Além das 14 canções provenientes dos compositores convidados pela RTP, o vencedor da Masterclass será o 16.º compositor concorrente no evento, sendo que a revelação dos candidatos será efetuada em breve. Tal como constava no regulamento, a seleção das canções foi feita por um júri especialmente criado pela RTP que integrou "personalidades de reconhecido mérito no âmbito da música, produção musical e televisiva. O concorrente escolhido será convidado a apresentar a canção a concurso nas condições descritas anteriormente para as restantes canções.".




Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: RTP

21 comentários:

  1. Isto é mais que uma indicação que deviam abrir mais vagas para terceiros participarem no Festival da Canção...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:51

    Concordo plenamente. So uma vaga? Sera que nao ha mais cançoes de qualidade nestas 200?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo20:51

    E que tal uma petiçao para a RTP alargar o numero de candidaturas publicas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:13

      :D Agora tudo se resolve com petições? Uma petição serve para debater assuntos importantes, do âmbito legislativo, sendo que compete à Assembleia aprová-las e discuti-las. Isto é apenas um concurso de televisão... vamos lá ser razoáveis lool

      Eliminar
    2. Anónimo00:14

      Apoio a ideia, se conseguirmos um número elevado de assinaturas poderia-se mandar depois uma mensagem para o Provedor do Telespectador.
      A RTP apesar dos seus defeitos têm mecanismos para ouvir a opinião do público

      Eliminar
    3. Anónimo14:02

      A sério? O gosto da maioria da população são kizombas, baladas eletrónicas (muito na moda) e pop ao estilo do que passa na rádio (ou seja, merda!!). E a maioria vai ser desse estilo. É apelativo para os jovens (já que ouvem esse estilo de música), mas não para o resto da população incluíndo os júris. E só para lembrar que a música que mandamos à Eurovisão só ganhou o FC por causa do público (o voto popular valia mais que o do júri em caso de empate) . O público reclama que não mandamos músicas de jeito, mas quando é o próprio público a ter a prioridade, escolhe as más músicas. ;)

      Eliminar
    4. Anónimo17:58

      @anónimo das 14:02, neste caso estamos a falar de abrir as vagas de candidatura espontânea.
      Abrir as vagas nada têm a ver em quem o público vai votar.
      Discordo absolutamente que o público têm mau gosto, não foi o público que convidou o Miguel Ângelo ou o José Cid para o fdc de 2018, foi a produção da rtp.
      Também não foi o público que escolheu a música "Com gosto amigo" para as semifinais.
      Se acha que o público teve mau gosto nas votações de 2017 e 2018 aconcelho a votar em 2019, você faz parte do público manifeste a sua opinião votando

      Eliminar
    5. Anónimo18:14

      Completamente de acordo com o leitor das 14h02. O televoto é o que dá dinheiro a RTP, mas só serve para dar vitória a canções fracas, cantadas por caras conhecidas. A escolha deveria caber apenas a um júri especializado (mas sem Tozes Britos).

      Eliminar
  4. Anónimo21:50

    Com uma vasta oferta, acho que uma vaga é muito pouco. Devia de haver mais vagas.

    ResponderEliminar
  5. Rui Ramos21:59

    Pena so selecionarem 1

    ResponderEliminar
  6. Anónimo22:28

    E destas 200 vão escolher uma pimbalhada qualquer da terrinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:28

      Mesmo

      Eliminar
    2. Anónimo16:34

      pimbalhada = balada mediocre.

      Eliminar
    3. Anónimo16:36

      Estamos a falar do mesmo FC? A nao ser que ache que pimbalhada é balada e fados. Até fazia falta alguma pimbalhada para alegrar aquele velório.

      Eliminar
  7. Anónimo01:50

    80% delas baladas e kizomba.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo13:47

    No ano passado escolheram aquela cançãozita da Rita Dias, que não tinha jeito nenhum (apesar de haver muito melhores opções, como as do João Páris, por exemplo), portanto o facto de haver agora 200 candidaturas não quer dizer que saia daqui uma boa canção.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo14:12

    Todos queremos mais variedade entre as propostas, mas mais variedade não quer dizer baladas vs fado/étnica vs pimba que é o que costuma estar a concurso. Gostava de ver mais rock/indie eletrónico, mais música alternativa, mais rap. Convidem os Best Youth, Moullinex, etc. temos muita coisa boa em Portugal.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo15:17

    O ESCPortugal poderia aproveitar a proximidade que tem com a RTP para tentar que hajam mais cançoes publicas

    ResponderEliminar
  11. Anónimo15:47

    ESCPortugal, alguma previsão mais concreta do que um "brevemente" para a divulgação dos compositores convidados?

    ResponderEliminar
  12. Anónimo10:35

    Só depois do festival das crianças...

    ResponderEliminar