Bielorrússia: Dmitry Koldun entra na "lista negra de artistas" da Ucrânia


O cantor bielorrusso Dmitry Koldun, representante do país no Festival Eurovisão de 2007, foi adicionado à lista negra de artistas pelas autoridades ucranianas, depois de atuar em Donetsk num concerto promovido pela administração pós-russa da região.

No passado fim-de-semana, as regiões separatistas do leste da Ucrânia, denominadas "repúblicas populares" de Donetsk e Lugansk, realizaram eleições para eleger os novos presidentes e deputados das regiões, escrutínio que foi denunciado pelos ocidentais e que não foi reconhecido pela União Europeia, Estados Unidos ou Ucrânia.

Os dirigentes interinos Denis Pushilin, designado em Donetsk após o assassinato do seu predecessor, e Leonid Pasechnik, designado em Lugansk aquando da destituição do anterior dirigente, venceram com larga vantagem as eleições, aumentando o poder dos seus novos líderes e a influência de Moscovo nos territórios que escapam ao controlo de Kiev.

A Rússia e a Ucrânia registam momentos de grande tensão político diplomática desde a chegada ao poder em Kiev, no inverno de 2014, de dirigentes pró-ocidentais na sequência da "revolta de Maidan", seguida pela anexação por Moscovo da península da Crimeia e do início do conflito com os separatistas no leste do país, que já provocou mais de 10.000 mortos. Kiev e o ocidente acusam a Rússia de apoio militar aos separatistas, uma alegação que Moscovo continua a negar. Os acordos de paz de Minsk, assinados em fevereiro de 2015 com mediação franco-alemã, permitiram uma redução considerável dos confrontos, mas continuam a registar-se periodicamente incidentes armados na linha da frente.

Para promover a participação nas eleições, a Câmara de Donetsk realizou um grande concerto na Praça Central da cidade, abrindo, inclusive, as fronteiras para com os territórios fronteiriços, para aumentar a adesão no evento. Dmitry Koldun, representante da Bielorrússia no Festival Eurovisão de 2007, foi um dos artistas que marcaram presença, o que fez com que o cantor entrasse para a "lista negras de artistas" das autoridades ucranianas, tendo em conta que "entrou em território ucraniano" sem autorização. De realçar que, em 2017, Julia Samoylova foi proibida de entrar em território ucraniano pelas mesmas razões, o que fez com que a Rússia abandonasse o Festival Eurovisão.

Vencedor da final nacional bielorrussa, Dmitry Koldun adquiriu o direito de representar o país no Festival Eurovisão de 2007 com "Work Your Magic". A canção alcançou o 6.º lugar na Grande Final com 145 pontos (tendo sido a favorita do televoto ucraniano), sendo o melhor resultado da história do país no certame.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Expresso/Eurovisionfun /Imagem: Google/Vídeo: Youtube

Sem comentários