Matthiew Grelier: "O objetivo em Telavive é melhorar o resultado dos Madame Monsieur"


Matthiew Grelier, produtor do Destination Eurovision 2019, confirmou que as galas do formato do próximo ano serão transmitidas em direto: "Esperávamos melhor, mas o 13.º lugar é bem melhor que alcançámos em anos anteriores".

Depois do anúncio da mudança do chefe de delegação de França para o Festival Eurovisão, conforme pode recordar AQUI, Matthiew Grelier, em entrevista à imprensa, confirmou os planos anteriormente avançados sobre o processo de seleção para a edição de 2019. Com as semifinais transmitidas ao vivo, ao contrário do que aconteceu em 2018, Matthiew garante que está "absolutamente confiante no potencial da intervenção do público" na escolha dos representantes, revelando que, referente aos Madame Monsieur, esperava uma melhor classificação em Lisboa: "Esperávamos melhor, mas o 13.º lugar é bem melhor do que alcançámos em anos anteriores".

Apesar de garantir que a delegação francesa "vai trabalhar no máximo" para "melhorar o resultado dos Madame Monsieur", Matthiew Grelier garante também que outro dos objetivos principais do formato é tornar-se "numa plataforma útil para divulgação de música", criando "uma dinâmica positiva para o Festival Eurovisão".

Participante na primeira edição da competição, a França competiu por 61 ocasiões no certame europeu, tendo falhado apenas as edições de 1974 e 1982, sendo um dos países com mais sucesso na competição, com cinco vitórias no histórico (a última remonta a 1977). Em Lisboa, o país foi representado pelo duo Madame Monsieur e "Mercy": apesar de serem apontados como um dos favoritos à vitória, França não foi além do 13.º lugar com 173 pontos, 5 oriundos do televoto português.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Escxtra / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários