ESC2019: Austrália confirma participação no Festival Eurovisão 2019


Michael Ebeid, diretor administrativo da SBS, confirmou, esta noite, que a Austrália estará representada no Festival Eurovisão em 2019: "Está 100% confirmada a participação". O número provisório de participantes sobe para 38 países.



O diretor administrativo da emissora australiana SBS, Michael Ebeid, confirmou, ao TVTonight, que a Austrália estará representada no Festival Eurovisão pelo quinto ano consecutivo. "Está 100% confirmada a participação" avançou Michael Ebeid, confirmando o convite da EBU/UER para o país competir no certame que será realizado em Telavive.

A BlinkTV será parceira na participante, estando previsto um anúncio para o mês de novembro: "Estamos a participar há cinco anos e analisamos constantemente onde podemos melhorar. (...) É seguro dizer que anunciaremos algo no próximo mês. Estamos a ultimar alguns retoques nos planos já definidos" afirmou, deixando em aberto a possibilidade de realizar uma final nacional, "Eu adorava colocar os australianos mais envolvidos na seleção do artista. Não temos dinheiro para fazer um The Voice ou o Got Talent e talvez não funcionasse com um artista emergente... Mas estamos à procura de fazer algo diferente com artistas experientes.".


Apesar de todos os anteriores participantes australianos serem agenciados pela Sony Music, Michael Ebeid explicou que, todos os anos, a SBS analisa as diversas gravadoras: "Todos os anos fazemos a vistoria total. Na verdade, estivemos perto de ir com a Universal em 2018. Mas queremos o artista ideal e não a gravadora... A Sony acabou por apresentar a melhor candidatura possível todos os anos" explicou, defendendo a escolha de artistas com carreira já estabelecida, "É muita pressão e, recentemente, vimos jovens cantores a congelarem em palco. Há 14 mil pessoas na arena e 200 milhões em casa. Precisamos de alguém com experiência para ser dono de palco, com uma grande equipa por trás".

Por fim, Michael Ebeid falou sobre o projeto da Eurovision Asia Song Contest: "Foi a minha única decepção. Gostaria de ter feito mais progressos, mas é geopolítica a mais... Estamos ainda em negociações com alguns países, mas temos todas as atenções concentradas no anúncio de novembro. Mas convencer 10 países asiáticos a participar está a mostrar-se realmente difícil." lamentou, garantindo que "não desistimos da ideia".

O Festival Eurovisão 2019, que terá lugar em Telavive entre 14 e 18 de maio, conta, atualmente, com 38 países provisoriamente confirmados: Albânia, Alemanha, ARJ Macedónia, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bélgica, Bielorrússia, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Hungria, Islândia, Letónia, Lituânia, Holanda, Irlanda, Israel, Malta, Montenegro, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia, Sérvia, Suécia, Suíça e Ucrânia já confirmaram presença. Por outro lado, Andorra, Bósnia-Herzegovina, Eslováquia, Luxemburgo, Mónaco e Turquia confirmaram que não estarão a concurso em Israel, apesar de terem participado anteriormente no evento.


Com quatro participações no curriculum, a Austrália é o único país, juntamente com a Ucrânia que nunca falhou o apuramento para a Final do Festival Eurovisão, tendo como melhor resultado o 2.º lugar alcançado por Dami Im e Sound of Silence, em Estocolmo, sendo a candidatura mais votada pelo júri. Em Lisboa, Jessica Mauboy representou o país com "We Got Love", terminando em 20.º lugar com 99 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal.


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:TVTonight/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários