Espanha: Conselho de Administração da RTVE pondera regresso ao Festival Eurovisão Júnior


A nova chefe de delegação de Espanha, Ana Maria Bordás, ponderou o regresso do país ao Festival Eurovisão Júnior 2018. Contudo, as mudanças na direção da RTVE colocaram o país fora dos confirmados em Minsk.

Com o maior número de participantes de sempre, o Festival Eurovisão Júnior 2018 esteve próximo de receber o regresso de mais um país. Segundo o ESCPlus, a emissora espanhola RTVE descartou a participação em Minsk "algumas semanas atrás", garantindo que o regresso do país à competição num futuro próximo é muito provável.

Segundo Ana Maria Bordás, nova chefe de delegação de Espanha, a intenção da equipa responsável da RTVE é explorar a participação nos diversos eventos da Eurovisão, contando que o primeiro projeto foi o regresso ao Festival Eurovisão de Jovens Músicos 2018, realizado em agosto, sendo a primeira participação do país desde 2000. Contudo, a incerteza na direção da RTVE nos últimos meses, com a subida de Rosa María Mateo a gerente temporária do organismo, impossibilitou a "realização de uma série de preparações complexas" para o regresso ao Festival Eurovisão Júnior em 2018, apesar do regresso ter sido aprovado pelo novo Conselho de Administração. Deste modo, confirmando-se a continuidade de Rosa María Mateo no cargo, é provável que o país regresso ao evento no próximo ano.

Com as quatro participações entre 2003 e 2006, Espanha é o país com melhores resultados na competição infantil. María Isabel e o tema 'Antes muerta que sencilla' foram os vencedores de 2004, destacando-se também os segundos lugares obtidos por Sergio e Antonio José, em 2003 e 2005, respetivamente. A última participação, a cargo de Dani Fernandez, conquistou a quarta posição com 90 pontos, cuja atuação pode recordar de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCXTRA / Imagem: Google / Vídeo: JuniorEurovision.tv

Sem comentários