Suécia: Östersund fora das opções da SVT para o 'Melodifestivalen 2019'


A falta de garantias financeiras por parte da Câmara Municipal de Östersund fez com que a SVT descartasse a possibilidade de organizar o Andran Chansen do Melodifestivalen 2019 na Östersund Arena, recinto com capacidade para três mil pessoas.

Depois da Câmara Municipal de Östersund ter revelado o convite da SVT para organizar o Andran Chansen do Melodifestivalen 2019, como pode recordar AQUI, a Live Nation, produtora do evento, revelou que a cidade está fora das opções para a edição do próximo ano. Segundo o comunicado enviado à imprensa, a produtora exigiu uma resposta definitiva sobre a garantia financeira ao município que foi rejeitada, tendo em conta que a decisão não havia sido ainda submetida a votação política. Deste modo, a emissora sueca e a Live Nation continuam a analisar as propostas para escolher as seis cidades anfitriãs do Melodifestivalen 2019, com Estocolmo e a Friends Arena a liderar as preferências para a Grande Final do certame.

Östersund Arena, inaugurada em dezembro de 2013, foi o local escolhido pela SVT para albergar a terceira semifinal do Melodifestivalen 2015. Constituída por dois recintos de hóquei do gelo, o principal salão do complexo tem capacidade para cerca de 3 mil pessoas em concertos. 


Estreante em 1958, a Suécia conta com 58 participações no Festival Eurovisão, sendo um dos países com melhores resultados da história com 6 vitórias no curriculum. Em Lisboa, o país foi representado por Benjamin Ingrosso e "Dance You Off", terminando em 7.º lugar com 274 pontos, resultante do 2.º lugar no júri e do 23.º lugar no televoto. 


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: sverigesradio / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários