JESC2018: Ucrânia esclarece retirada do Festival Eurovisão Júnior 2018


A emissora ucraniana UA:PBC esclareceu a retirada do país do Festival Eurovisão Júnior 2018: "Pela primeira vez, a UA:PBC não tem meios financeiros para cobrir os custos de participação no evento".


Pela primeira vez desde a estreia em 2006, a Ucrânia não estará representada no Festival Eurovisão Júnior em 2018, devido a problemas económicos, conforme pode recordar AQUI. Contudo, dias depois do anúncio, a emissora ucraniana UA:PBC emitiu um comunicado onde explica a retirada do evento.

"A participação no Festival Eurovisão Júnior envolve uma despesa significativa com a final nacional e a taxa de inscrição para a EBU/UER (...) Este ano, pela primeira vez, a UA:PBC não tem meios financeiros para cobrir os custos" afirma um dos responsáveis da emissora, adiantando que "no orçamento de Estado da Ucrânia para 2018, a UA:PBC tem apenas direito a 0,2%, o que corresponde a 776 milhões de hryvnias [cerca de 25 milhões de euros], valor insuficiente para cobrir as despesas até ao final do ano". 

Além disso, no comunicado, a emissora UA:PBC apela que o Governo mude a legislação referente ao financiamento da emissora nacional: "Para o funcionamento normal da instituição e das 23 filiais regionais precisamos de um orçamento extra de 330 milhões de hryvnias [10 milhões de euros] (...) Se tal não acontecer a mais recente instituição pública europeia, que por sua vez é a menos financiada, ficará em risco".

Estreante em 2006, a Ucrânia participou por 12 ocasiões no Festival Eurovisão Júnior, tendo ganho a edição de 2012 com Anastasiya Petryk e "Nebo". Com dois segundos lugares no curriculum, em 2008 e 2013, o país organizou a competição em 2009 e 2013. Em Tbilissi, Anastasiya Baginska representou o país com "Don't Stop", terminando em 7.º lugar.


Até ao momento, o Festival Eurovisão Júnior 2018 conta com 14 países provisoriamente confirmados: ARJ Macedónia, Arménia, Bielorrússia, França, Geórgia, Holanda, Irlanda, Itália, Malta, País de Gales, Polónia, Portugal, Rússia e Sérvia. Por outro lado, Bulgária, Chipre, Eslovénia, Lituânia, Noruega, Moldávia, Roménia, Suécia e Ucrânia já confirmaram que não estarão representados em Minsk, apesar de terem participado em edições anteriores.

 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: SiverPost / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários