[ESPECIAL] Artistas do Cazaquistão que gostaríamos de ver na Eurovisão


O Cazaquistão poderá ser o próximo país estreante no Festival Eurovisão da Canção. Neste artigo especial, damos a conhecer alguns dos artistas do país que gostaríamos de ver no palco eurovisivo. 

O Cazaquistão é um dos países que se tornou independente em 1991, depois da desanexação da União Soviética. Este é, a par da Rússia, um país transcontinental, localizado maioritariamente no continente asiático e com uma pequena parte a oeste do rio Ural na Europa. Como curiosidade, podemos dizer que é o nono maior país do planeta; o seu território de 2 727 300 quilómetros quadrados é maior do que a área da Europa Ocidental. Contudo, a sua população é de apenas 17 milhões de habitantes, sendo, por isso, um dos países com a menor densidade populacional do mundo.

A Khabar TV irá estrear-se já este ano no Festival Eurovisão Júnior, agendado para novembro em Minsk, Bielorrússia, tal como anunciámos AQUI. Será que a porta ficou aberta para uma participação no Festival Eurovisão “dos adultos”? Desde que a televisão deste país da antiga União Soviética se juntou ao grupo de membros associados da UER/EBU, muitos têm sido aqueles que querem ver este país na Eurovisão, na esperança de ver e ouvir sons novos e diferentes. Para além disso,  o Cazaquistão tem uma indústria musical muito forte. A população é muito ligada à música, não sendo raro encontrar vídeos no youtube com milhões de visualizações. A cultura pop está mesmo enraizada entre a população. Muitos são os artistas locais que fazem questão de cantar no idioma cazaque, facto que fazemos questão de sublinhar.

Uma das artistas mais populares é Zhanar Dugalova, vencedora do Türkvizyon 2014. A carreira da artista começou como vocalista do grupo KeshYou. Há uma semana lançou o tema que apresentamos de seguida e o vídeo no youtube caminha já para 900.000 visualizações: 


Ayumi é uma girlband que incorpora a verdadeira pop cazaque, embora com um pé na cultura japonesa. Só dois dos seus sucessos - “Sen emes pe” e“Hey-La” - ambos cantados na língua nativa, ultrapassam os 8 milhões de visualizações. 


Os A-Studio já tiveram uma participação indireta no Festival Eurovisão depois de, em 2010, terem colaborado com o dinamarquês Thomas N’evergreen no tema “Falling For You”. O grupo tem um reportório em cazaque, russo e em inglês. 


Dimash provém de uma família de músicos com raízes no Cáucaso. A sua fama chegou depois de ganhar o concurso Slavianski Bazaar 2015. Ao ver o vídeo seguinte vai surpreender-se com as capacidades vocais do jovem, que já o fizeram ganhar o título “O mais popular cantor da Ásia” nos “óscares” da China. Em 2016, depois da Khabar TV se tornar membro associado da UER, Dimash chegou a ser apontado nas redes sociais como o primeiro representante do pais na Eurovisão. 


Vencedora do concurso Factor X, logo na sua primeira edição, Dariya Gabdull foi várias vezes apelidada como a Beyoncé do Cazaquistão. Confira: 


Makpal Isabekova tem carisma e uma voz com power que não a tiram dos tops locais. 


Renzo é uma boyband ainda no ativo. O seu nome tem proveniência japonesa. Eles são quatro - Askar Akhmet, Zhanbolat Ertaev, Eset Zharylkasynov e Erzhan Zhunusov — e já foram apelidados como os One Direction cazaque. 


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários