ESC2018: Estado e Câmara Municipal de Lisboa recusam ajuda à RTP pela segurança na Eurovisão


O Ministério da Administração Interna e a Câmara Municipal de Lisboa recusaram o pedido de ajuda da RTP para a disponibilização de verbas para o pagamento da segurança do Festival Eurovisão 2018.



O jornal PÚBLICO avança, esta manhã, que a última tranche do pagamento da segurança do Festival Eurovisão 2018 foi paga, esta quinta-feira, depois do Ministério da Administração Interna (MAI) e a Câmara Municipal de Lisboa terem recusado o pedido de ajuda da RTP. No total, a emissora portuguesa pagou cerca de meio milhão de euros pela segurança do evento que esteve a cargo de dois mil agentes fora do horário de expediente.

Contactada pelo jornal, a RTP recusou explicar a razão porque pediu ajuda financeira ao Estado e à Câmara Municipal de Lisboa, tendo apenas realçado que, em edições anteriores, o Governo comparticipara este serviço face ao interesse público do evento. Contudo, o MAI teve outro entendimento: o contrato foi entre a RTP e a PSP e não havia qualquer forma de o contornar, tendo a publicação frisando que "o evento gerou receitas não havendo, por isso, justificação para recorrer a dinheiro público", destacando o investimento de cerca de 19 milhões de euros, o mais baixo desde 2008.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:Publico / Imagem: Google

Sem comentários