[ZONA DE DISCOS #46] Isaura - "Human"

Todas as semanas no ESCPORTUGAL, a crítica aos álbuns editados por artistas que participaram no concurso Eurovisão da Canção e/ou seleções nacionais ao longo dos anos. Esta semana o destaque vai o primeiro álbum de Isaura.
O responsável da rubrica é Carlos Carvalho.



Lançamento: 08 de junho de 2018
Nota: 7,5/10

Isaura foi a responsável por levar à Eurovisão os ventos da eletropop, alinhados à nossa longa tradição de sermos representados por temas emocionalmente potentes, providos de uma letra substanciosa. Ao contrário daquilo que seria desejável, a Europa não tratou bem do nosso jardim, mas como os ZiBBS (Suiça, 2018) afirmaram, “sometimes real #art doesn't get enough attention at a big show like Eurovision2018”. O ranking da Eurovisão é isso mesmo: o ranking de apenas uma noite!

A provar essa mesma ideia, surge-nos o primeiro longa-duração de Isaura, o inspirado “Human”, um álbum que, apesar de contar com colaborações externas, nomeadamente de Karetus, Fred Ferreira, KKingKong, Lhast, Cut Slack e de Diogo Piçarra, reveste-se de uma tónica bastante pessoal. A “Blitz” compara a voz de Isaura à de Tracey Thorn, dos Everything but the Girl. Nós avançamos no tempo e acrescentamos que, em alguns momentos, faz-nos lembrar Hannah Reid, dos London Grammar (Come see me, #9). Boas referências para um álbum que promete fazer sucesso junto da crítica e que poderá ser do apreço do público dependendo da forma como será feita a gestão promocional. 

“Human” arranca sonicamente de modo potente, com o eletro mid-tempo “Don’t give up”, que acaba por ser bastante exemplificativo da elegância pop de aspiração internacional com que Isaura idealizou e concretizou o seu primeiro álbum, sem cair em exibicionismos. Contudo, numa primeira audição, “Human” poderá pecar por ser demasiadamente homogéneo, quer nas melodias, quer na produção. Uma boa estratégia será habituarmo-nos com os temas que até ao momento foram lançados em singles, “I need Ya” (#5) e “Closer” (#4), avançando para os mais distintos, como aquele que acaba por ser o nosso destaque, “I keep persisting (ProfJam)” (#10) e "High Away" (#2). Apesar da rampa de lançamento popular que o Festival da Canção (e consequente Eurovisão) foi para Isaura, “Human” vale por si, é independente, tem vida própria e promete ser apenas o primeiro capítulo do desbravamento musical de Isaura. Ritmos do século XXI sem artimanhas conceptuais.

Alinhamento:
1. Don’t give up
2. High away
3. Don’t shoot


4. Closer


5. I need Ya


6. Busy tone


7. The Crossover (Intermission)

8. Gone now


9. Come see me
10. I keep persisting (ProfJam)
11. I miss You
12. Gone now (Guitar version)
13. I need Ya (Guitar version live take)

Pode ouvir o disco AQUI

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OPINIÃO CARLOS CARVALHO / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários