Portugal: José Cid recebe Prémio Mérito e Excelência na SIC

José Cid é o vencedor do Prémio de Mérito e Excelência da 23.ª Gala dos Globos de Ouro, transmitida na noite passada pela SIC em direto do Coliseu dos Recreios de Lisboa. O galardão foi entregue por Francisco Pinto Balsemão, que encontrou um José Cid visivelmente emocionado. 

Foi o último dos globos a ser entregue numa noite longa que terminou já passava da 1 hora da madrugada: o Prémio Mérito e Excelência foi este ano atribuído ao cantor, autor e compositor José Cid. Enquanto as imagens iam sendo projetadas no ecrã gigante do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, José Cid, sentado ao lado da mulher, foi surpreendido pela distinção e isso foi visivel de todos, dada a emoção e comoção sentida e transmitida. Depois dos aplausos e de receber o prémio das mãos de Francisco Pinto Balsemão, José Cid voltou a não conseguir esconder as lágrimas de alegria. "Adoro tanta gente que está aqui. Obrigado", proferiu, com a voz embargada. De seguida, pediu um aplauso à mulher e agradeceu a todos os que sempre estiveram do seu lado. O seu discurso foi feito da forma que sabe fazer melhor: cantando. E conseguiu que todo o público acompanhasse o seu improviso de momento.


José Cid estreou-se no Festival RTP da Canção em 1968, conquistando o terceiro lugar com "Balada para D. Inês". Desde então participou em 16 edições do mítico concurso da RTP enquanto intérprete, letrista e/ou compositor, contando com duas vitórias (1980 e 1998). Contudo, no passado dia 18 de fevereiro, José Cid falhou pela primeira vez o apuramento para a Grande Final do concurso, não indo além do 8.º lugar com 7 pontos (5.º lugar no televoto e 10.º no júri), não tendo escondido as críticas ao júri, sobretudo ao membro Luísa Sobral. 

Recorde as duas participações de José Cid na Eurovisão e a última no Festival da Canção nacional.




Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL, CARAS / Imagem: CARAS / Vídeo: YOUTUBE

2 comentários:

  1. Anónimo19:31

    Grande Zé Cid

    ResponderEliminar
  2. Anónimo10:01

    Sinceramente, enquanto pessoas, não simpatizo minimamente com os irmãos Sobral (que valorizo como artistas). No entanto, parece-me estranha a animosidade de José Cid para com Luísa Sobral, que estava no júri enquanto compositora e cantora (e, ainda por cima, autora do tema que ganhou o ESC no ano passado). Ter-lhe-á ela dado uma pontuação baixa? Mas como é que ele soube? E, na hipótese, de ter dado poucos votos à sua canção, terá sido a única? É que, matematicamente, se os outros elementos do júri lhe tivessem atribuído boas pontuações, ele não teria tido só um voto na conversão final.

    ResponderEliminar