Portugal: Atrasos dos voos podem levar a cancelamento de concerto de Cláudia Pascoal nos Açores

Cláudia Pascoal e a sua banda Morhua têm um concerto agendado para esta noite na Ilha Terceira, Açores. Contudo, uma série de atrasos nos aeroportos nacionais podem fazer com que o concerto seja cancelado. 

"Porto-Lisboa atrasou 1h40m. Resultado: perdemos o voo para Angra do Heroísmo". Foi, desta forma, que Cláudia Pascoal descreveu o início da sua odisseia para cumprir o concerto que tem agendado para esta noite no âmbito do festival Mais Jazz na Ilha Terceira, nos Açores. A peripécia aconteceu na noite passada tal como publicou a cantora nas redes sociais:


A alternativa dada pela TAP foi um novo voo esta manhã, pelas 8 horas para a Ilha do Pico. Chegado a esse destino, aguardar 7 horas pelo voo para a Ilha Terceira. Sem atrasos, Cláudia Pascoal e os restantes membros da banda chegarão a Angra do Heroismo já depois das 18h30, podendo, apesar mesmo fazendo todas as montagens e ensaios de som, iniciar o concerto pelas 23 horas. Contudo, esta manhã nova peripécia: Chegados esta manhã ao aeroporto de Lisboa à hora marcada pela TAP, a equipa da companhia não terá permitido o check in por, segundo os proprios, estarem atrasados. 


 Quando a artista publicou esta mensagem nas redes sociais, em tom de desespero, não sabia se iria conseguir chegar a tempo de fazer o concerto desta noite. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos...

ATUALIZAÇÃO 16h44

O ESCPORTUGAL apurou que Cláudia Pascoal e a sua banda conseguiram embarcar de manhã para Ponta Delgada, estando neste momento em São Miguel a aguardar um voo para a Ilha Terceira.

ATUALIZAÇÃO 21h30

Cláudia Pascoal chegou à Terceira mas, segundo informação da própria, as malas ficaram perdidas. O concerto será realizado. 

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: CLÁUDIA PASCOAL / Imagem: MORHUA

1 comentário:

  1. Anónimo13:11

    Desde que privatizaram os aeroportos os atrasos sao mais do que muitos. Não querem saber dos clientes e querem lucro e mais lucro

    ResponderEliminar