ESC2018: Saiba quem votou em Portugal na Grande Final do Festival Eurovisão 2018


Portugal terminou em 26.º (e último) lugar na Grande Final do Festival Eurovisão 2018 com 39 pontos. Saiba quais foram os países que pontuaram a candidatura portuguesa.

Com o penúltimo lugar na votação do júri e do televoto, Portugal, representado por Cláudia Pascoal e Isaura, terminou em 26.º lugar (e último) na Grande Final do Festival Eurovisão 2018. Conheça, de seguida, os países que pontuaram a candidatura portuguesa na gala de ontem:

Televoto (18)
10pts França
8pts Suíça

Júri (21)
7pts Lituânia
6pts Irlanda
3pts Suíça
3pts Estónia
2pts Holanda


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

61 comentários:

  1. Anónimo12:15

    A ESPANHA 000

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:31

    Nem 1 pontinho do televoto espanhol...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12:38

    o juri da Lituania e da Irlanda safaram-nos de um cenário ainda pior!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo13:07

    Nem acredito que nem um ponto do televoto espanhol. Isso é um pouco estranho

    ResponderEliminar
  5. Anónimo13:13

    Gosto muito d'"O jardim", mas quando ouvi a canção pela primeira vez (os 40 segundos), achei-a monótona. O coro parece um prolongamento dos versos...Algo poderia ter sido feito para melhorar o instrumental...

    ResponderEliminar
  6. Anónimo13:14

    ESCPortugal, este ano porque não houve a entrega de prémios à melhor composição, canção e interpretação, como nos anos anteriores (o prémio tem um nome próprio francês), que Portugal ganhou em 2008 e 2017? Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro leitor, a entrega dos prémios Marcel Bezancon foram anunciados para serem entregues ontem pelas 18 horas, mas esse momento foi vedado à imprensa. Quando a EBU nos enviar informação a mesma será partilhada.

      Eliminar
  7. Anónimo13:25

    boicote a Espanha ano que vem!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo13:39

    Inacreditável no ano passafo o nosso televoto ter salvo Espanha do null points e eles nem um ponto este ano de retribuição...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:29

      É bem feito: é um abre-olhos, pra pararmos com a mania dos amiguinhos.
      A atuação deles era pior que a nossa, mesmo assim fomos birrinhas.. ou os Espanhóis vieram em peso cá pra votar neles...

      Eliminar
  9. Anónimo13:42

    España ya no participará más. Se retira del certemen

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:14

      Personne Wikipedia espana ya está confirmado

      Eliminar
  10. Anónimo14:00

    Com todo o respeito mas a Espanha não é obrigada a nos pontuar.
    Não se esqueçam que fomos nós (televoto) que elegemos O Jardim. Se fosse pelo televoto ano passado Salvador não tinha ganho em Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mt estranho que o televoto espanhol nao tenha dado 1 misero ponto a Portugal...
      Ninguem está a exigir que o juri espanhol pontue Portugal

      Eliminar
  11. Anónimo14:13

    A televoto suiço deu 10 pontos a Portugal :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:36

      Pois! Trocaram, a França deu-nos 8 e a Suíça 10 pontos...

      Eliminar
    2. Graças aos Emigrantes!

      Eliminar
    3. Uma tristeza até o tipo aos berros ficou melhor classificado…

      Eliminar
  12. Anónimo14:24

    França e Suíça no televoto.... Está me a parecer que foram os emigrantes que votaram

    ResponderEliminar
  13. Anónimo14:24

    A espanha dava nos uns pontinhos e ja nao ficavamos em ultimo. O ano passado senao fosse mos nos coitados deles. E este ano tambem.
    Quanto a Portugal acho que falhou no 2* refrao pois nem se ouvia a Isaura que dava mais forca a musica no refrao

    ResponderEliminar
  14. Prémio da melhor performance artística - Chipre ; prémio da melhor composição - Bulgária ; prémio da imprensa - França

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:02

      A sério? A canção da Bulgária, feita à medida para ganhar? Aquilo soava tão artificial!

      Eliminar
  15. Anónimo14:39

    ESC Portugal sabem dizer-me onde posso adquirir o CD / DVD da Eurovisao e o conteúdo dos mesmos??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:04

      No site official do esc (eurovision.tv) por enquanto o dvd ainda não está disponível mas podes sempre fazer uma pré-encomenda

      Eliminar
  16. Anónimo14:52

    ESPERO que ESTE RESULTADO faça com que a RTP mude e ABRA inscriçoes a toda a gente.

    Uma semi final para convidados e outra para qualquer musico/compositor que resida em Portugal.

    Uma coisa é certa, precisamos de mais variedade no nosso Fdc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. agora que a RTP se cale com essa de ter recuperado o Festival da Canção com uma mega super formula para o sucesso. A receita que deu o 1ºlugar no ano passado, também deu o último este ano!

      Eliminar
    2. Anónimo16:16

      Unknown, Concordo. E Portugal dificilmente voltará a ganhar aquela palhaçada. Eu sempre disse que o que aconteceu com a musica do Salvador foi uma "anomalia", porque o "normal" da eurovisao foi o que se passou este ano! A RTP que tenha juízo e que deixe de gastar dinheiro com isto(também para não humilhar os nossos artistas)!

      Eliminar
  17. Anónimo14:53

    Arrependimento de ter votado na claudia....a catarina devia mesmo ter ido...

    ResponderEliminar
  18. Portugal manda uma música horrível para a eurovisão que foi sem dúvida a pior da noite e depois ainda estão todos rancorosos de a Espanha não nos ter dado pontos... Na eurovisão os pontos não são por pena, mas por mérito!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:18

      A pior da noite? Ouviste a da Moldávia por acaso?

      Eliminar
    2. Anónimo16:03

      Muito mais divertida e além disso souberam ter uma ligação com o público. Já a Isaura e a Claudia pareciam nem olhavam para as câmeras estavam sempre a olhar uma para a outra

      Eliminar
    3. Anónimo16:04

      Não foi a pior, de longe.
      Olhem para a qualidade do vencedor. Lol

      Eliminar
    4. Anónimo16:05

      A verdade indiscutível é que a receita trouxe a Eurovisão pela primeira vez a Portugal. Isso não pode negar.

      Eliminar
    5. Anónimo16:20

      Só podes estar a brincar, oh Mariana!

      Eliminar
  19. Anónimo15:36

    Não ha surpresa. Ignoraram todas as nossas queixas: Musica demasiado curta, entrada da isaura, videoclip fraco, criticas à roupa... achavam que estavam certos. Aí temos o resultado!

    Eu votei sim, porque queria levar algo diferente. Mas este resultado fez-me cair na real. A música do Peu, ou da Catarina teriam melhor resultado. O julio resende é uma perola da musica e foi um erro nao o termos escolhido. Por muito que me custe dize-lo, o juri devia ter a decisao final a partir de agora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:30

      Concordo consigo na primeira parte. De facto muita coisa podia ter sido alterada e não foi por teimosia. No entanto, não me parece é que se fosse outra musica a coisa fosse assim tão diferente. A eurovisao é o que é. Com critérios esquisitos e factores que as pessoas não controlam. Nós ganhamos por "engano", é a conclusão a que se chega!

      Eliminar
  20. Anónimo15:36

    Nao levem o voto de espanha a peito. Pelo que li, eles escolheram uns jovenzitos de um concurso para juri. É normal que nao nos tenham dado pontos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ninguém está a falar da votação do juri espanhol mas sim do televoto!!!!!

      Eliminar
    2. Anónimo16:35

      Também reparei nesse detalhe. Pelos vistos os júris não têm sequer maturidade musical para avaliar. É por gosto musical, do tipo playlist! Assim é difícil.

      Eliminar
    3. Anónimo18:55

      16:16 A maioria dos eurofans que votam em portugal estavam todos cá para votar em espanha. É por essa razao. E a azia de terem ficado em 2ª na ordem, talvez...

      Eliminar
  21. Anónimo16:12

    Espanha sempre tentou apequenar Portugal e anular o papel de Portugal e da lusofonia no mundo. A TVE, ontem, teve o desplante de caracterizar o Caetano Veloso como uma figura HISPANOamericana. Para as elites espanholas, Portugal nem devia existir mas há portugueses que pura e simplesmente não conseguem enxergar isto. Falta de conhecimento histórico e de interpretação da realidade. Não acordem não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:16

      Eu concordo, somos uma nação independente e com uma grande história, não precisamos de nada com Espanha que só nos prejudica como a história nos diz, ontem na arena e já na 3f foi igual aquilo esteve cheio de espanhóis e acredito que mais em Nr que portugueses e enquanto os portugueses aplaudiam a canção espanhola eles faziam o frete, assisti ao lado de espanhóis ;) o próprio “specker” estava sempre a dizer “Hermínia espanoles” “benvenidos a casa”, mas qual casa? A padeira de aljebarrora deve estar a dar voltas no túmulo coitada

      Eliminar
    2. Anónimo20:07

      O speaker so disse isso uma vez, eu também estava la.

      Eliminar
    3. Anónimo22:08

      18:16 LOL. Só os galegos sao nossos irmaos. Os espanhois que se cuidem, porque nao vai voltar muito até que todos aqueles marroquinos que lá vivem dominem aquilo de de novo.

      Eliminar
  22. Anónimo16:42

    Stupid boys! Se o Salvador tivesse tido zero pontos o ano também estariam todos a apedrejá-lo! Já que querem culpados, batam na RTP, que a culpa é toda deles, de terem deixado estas miúdas completamente abandonadas à sua sorte, sem apoio e orientação (nas fotos dos ensaios, por exemplo, não há ninguém da RTP a ajudar na escolha de planos da realização!). Como se não bastasse a RTP virar costas à sua representação, faz uma porcaria de trabalho de realização (inclusivé para a sua própria canção, que palermas!), com bastantes erros, que a Europa não perdoou! O último lugar de Portugal na Eurovisão é dado à RTP, não à Cláudia nem à Isaura, que foram fantásticas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:10

      O sobral NUNCA teria zero pontos. Acorde por favor!!

      Eliminar
    2. Anónimo19:11

      O ultimo lugar de Portugal é dado à RTP? E não à Isaura que nem sequer ligou ao que muita gente disse? sobre a atuaçao por exemplo? Foi pura teimosia, a culpa nao FOI SÓ da RTP. Lamento.

      Eliminar
    3. Anónimo21:12

      19:10, eu estou acordado a 100000%. Caso você também esteja, seja útil e publique aqui os números do Euromilhões que vão sair na 3ª feira, já que adivinha!

      Eliminar
  23. Anónimo17:06

    Boicote a tudo o que for espanhol. E nem é pelas votações da Eurovisao. É sobretudo por eles desejarem sempre o pior para Portugal. Por pura maldade e inveja em relação ao patrimônio histórico e cultural de Portugal e da lusofonia. Estão sempre prontos a apagar Portugal do mapa para venderem a Península Ibérica como sendo toda deles. Ainda não tinham dado conta disto????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:22

      anónimo das 17:06: bem-vindo/a ao século 19.

      Eliminar
    2. Anónimo19:09

      Anônimo das 18:22, ainda não percebeu que o que eu digo é bem atual? Estude um bocadinho e informe-se.

      Eliminar
    3. Anónimo14:17

      Anónimo das 17:06, eu subscrevo! A Espanha não pode ver nada que seja português que deita logo a mão... Até a raça de um cão, vejam lá. Quando o Obama adoptou o cão de água português, os espanhóis passaram a chamar cão de água ibérico...

      Eliminar
  24. Anónimo21:19

    Quanto à Isaura, sim, ela praticamente nem se ouvia, (o que me levou a pensar: isto não está normal, praticamente a Cláudia é que segurou todo o barco, houve alteração e a meu ver não foi bem escolhida), a Isaura mais parecia ter uma voz de coro à distância e na minha opinião tem uma grande voz (a avaliar por trabalhos seus) que devia ter sido mais explorada no tema "O Jardim".

    No geral, o tema "O Jardim" musicalmente poderia ter sido mais enriquecido, faltou "brilho" musical, algo que nos fizesse arrepiar, como tanto gostamos. As luzes em palco, pois, aqui está outra coisa que não entendi, os efeitos de luzes simplistas demais; havendo uma tão grande capacidade neste âmbito no palco do altice, ainda que o tema apresentasse uma carga dramática, como é que foi possível termos um cenário daqueles que só nos apetece que chegue logo ao fim?

    Depois, finalmente, vem o lado comparativo. Grandes temas e arrebatadores (na minha opinião e sem apresentar por ordem de classificação) como Estónia, Bulgária, Holanda, Dinamarca, Albânia, Áustria, assim como outros que infelizmente não passaram à final, como se fossem roubados por outros que passaram à final sem mérito visível. Na possibilidade de haver vários vencedores, estes acima seriam os meus escolhidos, ainda que todos diferentes, mas grandiosos.
    Comparar estes acima com o tema "O Jardim", mais palavras para quê?! É disto que há muito tempo o Festival da Canção precisa verdadeiramente ter em consideração. Ainda que tivesse gostado bastante do tema do Salvador no ano passado (amei), ainda hoje é o dia que penso que aquele fabuloso resultado na Ucrânia foi fabricado externamente ao Eurofestival, somando pontos à projecção de Portugal no mundo em 2017, mas em relação a isso, mais não digo.

    Entretanto houveram alguns aspectos curiosos e quem não anda assim tão alienado a ponto de questionar tudo e todos, poderá tirar algumas ilações ou perceber alguns sinais.
    Observando um pouco para além do óbvio e respectivo enquadramento social e politico no contexto mundial:
    - A interrupção na actuação da representação do Reino Unido.
    - A vitória dada a Israel.
    - A relevância no conteúdo LGBT na actuação da Irlanda (houveram bem melhores actuações entre os países que não passaram à final).
    - (Salvo esteja equivocado) O porquê do par francês só já em plena semana eurovisiva se pronunciar acerca da suposta história do tema "Mercy" com o drama de uma criança refugiada?
    - Entre eventuais outras histórias...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:59

      Não se diz "houveram" mas sim ”houve".

      Eliminar
    2. Anónimo22:31

      Obrigado por ter reparado.

      Eliminar
  25. Anónimo21:23

    Que vergonha de speaker. Como é que é possível haver gente desta em Portugal?

    ResponderEliminar
  26. Anónimo22:07

    Ainda bem que existem pessoas que falam!
    Como disse o "outro", o pior de tudo é se não falam, mas pelo menos o "speaker" expressa-se em português, coisa que parece que alguns têm "vergonha" de o fazer na totalidade!
    Tudo de bom...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:50

      Concorda com as aberrações proferidas por esse tal speaker? Esse é o ponto.

      Eliminar
  27. O que para aqui vai de figadeira. Quando publicaram os bocadinhos de música para elegermos as melhores (?) músicas que deveriam fazer parte de cada uma das semifinais do FC eu percebi logo que O jardim por regar não valia nada para poder merecer sequer participar e afinal para meu espanto até ganhou na final. Algo vai mal neste reino dos escrutinadores portugueses em matéria musical.

    ResponderEliminar
  28. Anónimo09:07

    O público tem critérios subjetivos e muito diversos, portanto ninguém tem a obrigação de votar em quem quer que seja; a votação do público não me afeta.
    Agora que existe muita tendência e política envolvida nos votos do juri, existe. A música de Portugal, não sendo de todo a melhor, também não era uma das 5 piores.
    Segundo os critérios que dizem ser os utilizados pelo júri, que são bastante objetivos, eu não consigo entender a votação do mesmo.
    Qualidade de músicas à parte, a verificação de votos de vizinhança no júri melindra-me um pouco. Eles existem para anular esse propósito e o que aconteceu foi surreal.
    Não estou desapontado com a nossa classificação, já estavamos na final por isso em último nunca iríamos ficar... o que me deixa desapontado é ver a falta de critérios objetivos no júri, que deveria elevar a qualidade em vez se vizinhanças e show off, mas não o fez (à exceção de um ou outro caso).

    ResponderEliminar