ESC2018: Ensaios 'stand-in' não serão divulgados publicamente

Os ensaios stand-in do Festival Eurovisão da Canção 2018 não serão divulgados publicamente, anunciou um dos artistas que os interpretou.

Os ensaios stand-in são ensaios técnicos, protagonizados por intérpretes selecionados pela organização do Festival Eurovisão da Canção, que acontecem nos dias anteriores à chegada das delegações. Todos os anos, após o fecho da final do evento, muitos desses ensaios são divulgados nas redes sociais, e não só, servindo também de promoção do trabalho desses mesmos artistas. Mas isso não vai acontecer este ano! De acordo com o que escreveu um dos artistas portugueses que participou nos referidos ensaios "os vídeos de stand-in da Eurovisão de 2018 não serão publicados". Alfredo Costa, que já tinha divulgado os vídeos de alguns dos seus ensaios, viu-se obrigado "com tremendo pesar e alguma frustração" a eliminar os vídeos que já tinha divulgado - das canções da Áustria e da Holanda- não podendo divulgar os outros dois nos quais participou - das canções da Itália e Bulgária. 

O cantor escreveu que "esta foi a decisão final das delegações que consideraram que fazendo estas performances parte de um processo não finalizado de ensaio, poderão defraudar o trabalho final e, por conseguinte, a imagem das respectivas delegações e artistas. Servirão para "uso pessoal", exclusivamente". 


Para além de Alfredo Costa, também Sara ClaroMarta Pinto e Ricardo Soler tinham divulgado os seus ensaios, em vídeos que entretanto foram eliminados do youtube.

Esta é uma novidade da edição de 2018, sediada em Lisboa; em edições anteriores alguns desses vídeos estão ainda hoje disponíveis online. Recuperamos alguns:





Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ALFREDO COSTA / Imagem: EUROVISION  / Vídeo: YOUTUBE

10 comentários:

  1. Anónimo17:22

    Ridículo, eles não poderem postar os vídeos. Só medinho que os ensaios sejam mais elogiados que do que o original

    ResponderEliminar
  2. Anónimo18:51

    Nem mais...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21:48

    A EBU se esquece que os intérpretes que deram voz às canções das delegações PODEM e DEVEM divulgar as ditas participações, uma vez que fazem parte do seu portfólio artístico. Pena em Portugal não haver advogados profissionais que façam valer os direitos destas 'pobres criaturas', que são os NOSSOS GRANDES ARTÍSTAS! Estúpida EBU / ESC-tupid. Namasté.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo22:04

    Assim aconteceu com a Grécia... só um exemplo.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo00:25

    Se não podem publicar, então também deviam ter proibido nos anos anteriores, e bloquear o que ainda está disponível no YouTube

    ResponderEliminar
  6. Anónimo00:29

    Isto é por serem portugueses a cantar. Como a Europa está habituada a que Portugal não envia cantores talentosos agora que temos a possibilidade de mostrar o contrário eles cortam as pernas.
    Ou secalhar até é a própria rtp que também decidiu apoiar essa decisão para que o público não lhes peça certos intérpretes para os próximos anos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu só fiz 'scroll down' nos comentários para encontrar alguém a por as culpas na RTP. Já começou a ser um belo passatempo ... Lol

      Eliminar
  7. Anónimo04:05

    No mínimo bizarro. Num ano em que os stand-in foram dos melhores de sempre, toca de esconder. É uma pena sobretudo para Portugal (aka RTP) que poderia evoluir, ao verificar que temos intérpretes muito muito bons, mas péssima producao musical e incapacidade técnica de produção a este nível.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo06:47

    Já que a RTP foi a co-organizadora do ESC, bem que podia interceder pelos cantores e, tal como nos anos anteriores, os responsáveis do ESC permitir a apresentação do trabalho feito pelos. Os nossos artistas que se juntem e peçam igual tratamento... E se for preciso, cá estamos para fazer força! Nós portugueses já estamos fartos de ser maltratados e explorados por pseudos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo Alves12:25

      Quem mandou no ESC2018 foram alemãs e suecos. Esquece lá a RTP

      Eliminar