ESC2018: EBU/UER rejeitou o pedido da Grécia para repetir a atuação no jury show?


Depois de ter sido autorizada a realizar mais um ensaio técnico, a comitiva da Grécia terá pedido a repetição da atuação no jury show da semifinal do Festival Eurovisão. A EBU/UER recusou o pedido.


Yianna Terzi defendeu, esta noite, "Oniro mou" no jury show da primeira semifinal do Festival Eurovisão 2018, mas a atuação não agradou à comitiva da Grécia. Depois de ter sido autorizada  a realizar um novo ensaio técnico no passado domingo, como pode recordar AQUI, a delegação grega pediu, junto da EBU/UER, a repetição do ensaio desta noite.

Segundo avança o INFE Greece, a comitiva alegou problemas com a direção da atuação: o fogo de artifício que deveria aparecer na ponte da canção, surgiu no segundo refrão, o que fez com que o rosto da cantora e o efeito da mão azul... ficasse coberto de fumo. A delegação terá apresentado o pedido junto da EBU/UER que informou todos os jurados nacionais para aguardarem uma decisão: contudo, no final das atuações, o organismo recusou o pedido da emissora grega, dando ordens para que a votação decorresse normalmente.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: INFE / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

24 comentários:

  1. Anónimo02:46

    parvoice... picuinhices... é o que da tanto ensaio, tanta votaçao absurda ao longo desdes dias todos, depois qualquer coisinha fora do sitio, da nisto... é o que menos gosto da eurovisao e nem sei que era assim, dezenas de ensaios absurdos, e votaçoes em que toda a gente vota milhares vezes.. que tedio.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo04:30

    Portugal tinha de falhar em alguma coisa né

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:28

      Para fazer este comentário, mas devia estar calado. é mesmo deta abixo Portugal! Todos os anos alguém reclama pela falaha de qualquer coisa nas filmagens e erros existem sempre e não é por ser Portugal. Que mania de querer deitar Portugal abaixo...

      Eliminar
  3. Anónimo05:01

    Um vídeo no YouTube confirma que o fogo foi lançado na altura errada, tipo 1min antes lol Os Gregos tão piursos, dizem que fizemos de proposito porque a Grecia ganhou o euro2004. Se ao menos soubessem que a produção é quase toda internacional, em termos de stage se não estou em erro so temos operadores de camera. Não há em Portugal quem seja especializado em certos materiais que estao a ser usados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo08:04

      Eu estava lá! Também reparei

      Eliminar
    2. Anónimo08:48

      "Os Gregos" lol. Mas tu ligas ao que dizem meia dúzia de fanáticos que mais parecem burros com palas? O ano passado a Noruega tambem se queixou e depois foi o que se viu na votação do júri...

      Eliminar
    3. que materiais são esses que os tugas nao sabem mexer???

      Eliminar
    4. Anónimo14:19

      R, num espectaculo destes em que é preciso programar mais de 2800 focos e conferir ambientes diferentes entre/dentro de cada música podes ter a certeza que nenhum português mexeu. Metam uma coisa na cabeça, não temos mercado que justifique o know how necessário para produzir um espectáculo destes. Onde temos alguns portugueses é no trabalho de câmeras, temos por exemplo um portugues na grua e que disse no Diário a Bordo, que nunca tinha trabalhado com uma grua tao grande. Mas se nao acreditas vens aqui a este blog do Melzig e le o de dia 1Maio. https://m-m-pr.com/index.php/eurovision-diary-2018?start=5

      Eliminar
    5. Anónimo15:15

      Deveriam ter visto ontem o prós e contras e ficariam a saber tudo, tudo o que é responsabilidade da RTP e tudo quanto é responsabilidade internacional em termos técnicos. Explicaram tudo o que é "saber fazer" da RTP e o que veio de fora apenas por ser normal a RTP não ter por ser a primeira vez que está a organizar o Festival da Eurovisão e isto acontece com todos os países e todas as televisões antes de terem de organizar uma Eurovisão. Mas a RTP desenvolveu o conceito e teve a última palavra e fez com que se cumprisse e acho isso muito bem, e uma das coisas que disse é que em Lisboa isto ia ser sobre música, canções e não sobre fogo de artificio ou actividades circenses, essas deverão ir vê-las em local próprio, no Circo, ver os excelentes artistas que lá estão e não na Eurovisão. Uma pena para a Grécia, de facto, que agora ia repetir a actuação até à exaustão, para ver se ficava bem no ouvido e se viam bem os seus efeitos especiais, a ver se todos esqueciam as canções que estão apontadas como candidatas a uma vitória e que, curiosamente, as suas delegações e interpretes, ainda não se queixaram de nada...

      Eliminar
  4. Anónimo05:44

    E voltamos a ter o drama grego ao estilo 1998 LOL E quem sabe o que se passou em 1998, até porque está bem documentado, sabe do que falo. A diferença é que esta canção é vastamente superior ao que foi apresentado em 98. Tenho, em parte pena, que isto não esteja a resultar para eles. É a primeira canção grega desde 1996 que genuinamente gosto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:00

      Mas o que é que aconteceu com a Grécia em 1998?

      Eliminar
  5. Anónimo06:58

    "A delegação terá apresentado um pedido..." mas "o organismo recusou" Mas afinal recusaram ou não?

    De qualquer maneira o júri viu muito bem que foi problema técnico e não a vão prejudicar por causa disso! Não vale a pena andar a arranjar polémica, não é como se tivesse acontecido dia 12.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo09:42

      Qual é que foi a parte de "A delegação (grega) apresentou um pedido mas a organização recusou" que tu não percebeste?

      Eliminar
  6. Anónimo07:38

    Fizeram a mesma coisa com a demy ano passado ... ela foi a última a atuar devido a repetição e lá se safou ...

    ResponderEliminar
  7. Anónimo08:37

    Meu deus mas porque não os deixaram repetir?
    Neste assunto tinham razão, os fogos foram disparados numa altura sem sentido.
    Basta ir ao YouTube e os gregos estam todos a dizer que Portugal quer sabotar a Grécia. Não faz sentido algum.
    Quem não autorizou foi a EBU.
    E nós é que estamos a ficar com o nome manchado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:42

      Votemos na canção grega que vale por si. 😊

      Eliminar
  8. Anónimo09:15

    Hahaha! Sério? Fuego nos gregos!
    Go Chipre

    ResponderEliminar
  9. Anónimo09:56

    Eurovisão sem Eurodrama não é a mesma coisa! xD

    ResponderEliminar
  10. Anónimo10:06

    Pelo que vi do Dress rehearsal e segundo a crítica, a prestação vocal não foi muito boa. Se calhar a delegação grega está a tentar "juntar a fome à vontade de comer". Não sei como funcionam os efeitos técnicos, mas penso que ficará tudo previamente programado. Não acredito que cada efeito seja feito individualmente, senão com tantos concorrentes a probabilidade de falhar era gigante.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo10:14

    Os Gregos tão doidos porque nunca quizeram a Eleni para representarem eles. E agoram estão a ver ela ser adorada por todos a representar o Chipre. Engrassado que o Chipre tambem não a queriam porque queriam a Helena mas agora nei pensao nisso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:01

      Acabei de ficar com uma conjutivite depois de ler o seu comentário.

      Eliminar
    2. Anónimo12:45

      Quiseram, para os representar, a vê-la, engraçado, também,nem pensam. 😁

      Eliminar
    3. Anónimo12:47

      Votem na música grega😊!

      Eliminar
  12. Anónimo11:02

    Parece que os povos do sul são todos igual, sempre a achar que os outros querem mal etc. É por isso que está tudo como está. Tristeza.

    ResponderEliminar