ESC2018: Delegação da Bielorrússia revela planos iniciais da atuação de Alekseev


A delegação da Bielorrússia revelou os planos iniciais da atuação de Alekseev no Festival Eurovisão 2018 que foram recusados pela produção do evento.


A emissora estatal da Bielorrússia revelou, recentemente, que a atuação original de Alekseev para o Festival Eurovisão 2018 em Lisboa foi recusada pela produção do evento. A ideia inicial tencionava utilizar uma explosão real de pétalas de rosas, em vez da realidade aumentada que foi usada durante o desempenho do cantor. Contudo, a organização recusou a proposta devido ao elevado tempo de limpeza que o desempenho exigia.



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix/ Imagem/Vídeo: eurovision.tv

20 comentários:

  1. Anónimo01:06

    Pois... o problema que eu vi na actuação foi exactamente esse: flores falsas. E a organização foi responsável, como suspeitava. Lamentável. Para mim era o justo vencedor, apesar de estar algo indecisa entre esta e a da Grécia. E curiosamente os dois tiveram divergências com a organização. Será que não houve mesmo nenhuma intenção de os afastar? Porque é que a minha intuição me iria agora enganar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo03:27

      Claro!! O gajo explodia com quilos de rosas no palco e quem ia limpar tudo era você!!Nem sequer havia mais 11 canções para atuar nem nada -.-

      Eliminar
    2. Anónimo07:49

      Bla, bla, bla, Bla, lá vêm com a teoria das conspirações, deve de ter sido de facto por falta de flores verdadeiras que de não passou. A horrível pronúncia em inglês e ser uma canção banal não teve nada a ver. Haja paciência.

      Eliminar
    3. Anónimo08:25

      Quase queria apostar que este post tem como objetivo ser irónico, mas já li tanta conta bárbara aqui que não sei mais o que pensar!!!

      Eliminar
  2. não foi por causa da falta de explosão de rosas que a Bilorussia ficou pela semi final

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo08:05

      Foi mesmo porque a canção n calia um charuto...

      Eliminar
  3. Anónimo03:29

    Digo aos bielorussos o mesmo que digo aos gregos e aos dinamarqueses: se se preocupassem mais em cantar melhor as músicas e deixassem de lado as ideias mirabolantes e as exigências de "DIVA" faziam melhor figura!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. cantar melhor as canções...as músicas não se cantam, tocam-se

      Eliminar
  4. Anónimo08:04

    Por falar em planos iniciais, ESCPortugal, vocês têm alguma informação do que aconteceu para a escultura na parte traseira do palco não ter qualquer movimento? É que chegaram a ser mostrados videos de peças em separado a movimentar-se, mas nao passou disso, infelizmente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. aquilo nunca era suposto mexer-se! Ja viu o tamanhão daquilo? Impossível mexer-se sobretudo durante as actuações!
      Fazia imenso barulho. Contudo o jogo de luzes usado nas ditas "costelas" do palco deu sempre a ideia de movimento

      Eliminar
  5. Anónimo08:07

    Deixem se de tretas. A canção era terrivel.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo08:40

    Merecia muito o passe mas a popularidade do Alekseev nos países ex-sovieticos iria por em risco a vitoria comprada pelo governo israelita

    ResponderEliminar
  7. Anónimo09:10

    Acho muito interessante que se diversifique e personalize as actuações, mas se 40segundos é tudo o que se tem há um limite ao que se pode fazer. Temos pena, música não é flowerworks.

    ResponderEliminar
  8. Ninguem comenta o estado de nervos do cantor? a tremer por todos os lados....

    ResponderEliminar
  9. Anónimo11:24

    Pois sim... Ele era o justo vencedor... Mas devido às falsas pétalas ficou pela semifinal... Imagino se a netta levasse galinhas verdadeiras rebentava com a escala...

    ResponderEliminar
  10. Anónimo12:53

    A música não era lá essas coisas e o nervosismo dele piorou a actuação... quem não reparou naquela mão tremida?

    ResponderEliminar
  11. Anónimo17:07

    A 1ª versão era melhor. Que vergonha, nao dava para por o rapaz em ultimo? Ou antes de um intervalo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:51

      Pois... mas isso então é que estagava mesmo a vitória dos favoritos... e para quem fala em conspiração eu esclareço que nem isso está em causa para mim: trata-se de simplesmente não ter sido respeitado o plano da equipa e de não terem procurado uma alternativa que não prejudicasse a candidatura simplesmente pela teoria habitual di desenrasca, da lei do menor esforço lamentável. E quem por aqui diz que a música não valia nada devia primeiro estudar música. Depois a pronúncia não tem de prejudicar ninguém . Se não é a sua língua materna não era suposto que isso não se notasse, desde que isso não prejudicasse a dicção. Eu prefiro pessoalmente que cantem na língua materna, sobretudo se é a que dominam, e sempre o defendi em relação à nossa música, mas quem ganhou também cantou em inglês. E para finalizar, isto para o mesmo comentário, quem ganhou também não foi por menosprezar o fogo de artifício . Com a diferença de que a da Bielorrússia era música... enquanto a que ganhou... pode ser algo engraçado para fazer falar muita gente durante algum tempo... mas música que expressa sentimentos... e para quem ainda julgue que esta mudança de planos foi inócua devia colocar-se no lugar do intérprete e talvez percebesse a razão do seu nervosismo a que ninguém pode ter ficado alheio... e que quem sabe um mínimo da arte de cantar não tem dúvida de como esse estado afectou o seu desempenho. É triste assistir a tanta insensibilidade...

      Eliminar
  12. Anónimo20:02

    Uma das minhas favoritas deste ano, deviam ouvir as outras cancoes dele pq o gajo tem talento

    ResponderEliminar