Casas de Apostas: Irlanda sobe ao 3.º lugar; Noruega cai para 8.º

A Irlanda é agora o 3.º favorito a vencer o Eurovision Song Contest 2018. Alexander Rybak caiu para o 8.º lugar.


As casas de apostas estão ao rubro a um dia da grande final do Festival Eurovisão da Canção 2018. A Irlanda subiu para o 3.º lugar quando não fazia sequer parte do lote dos 10 finalistas preferidos dos apostadores na passada terça-feira. A Noruega foi quem mais saiu prejudicada com a semifinal de ontem, tendo caído do 3.º para o 8.º lugar.

Chipre continua a liderar a tabela seguido por Israel, que regressou ao 2.º lugar. França e Alemanha fecham o top5. A Lituânia é 6.ª, a Suécia 7.ª, a Itália 9.ª e a Estónia 10.ª. Os últimos cinco lugares dos favoritos dos apostadores são Portugal (22.º), Reino Unido (23.º), Albânia (24.º), Eslovénia (25.º) e Sérvia (26.º).

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovision odds / Imagem/Vìdeo: eurovision.tv


22 comentários:

  1. Anónimo19:03

    Epsero que Portugal nao fique tão mal como se prevê.. Espanha também deu uma queda grande nas apostas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:23

      A música de Portugal não se adequa ao esc. É normal que fiquemos em último. Já foi bom no ano passado termos ganho, agora não pensem que
      Por termos vencido 1 vez que a rtp e vai mudar o género de musicas. Eu ainda n sei como é que ganhamos a música era muito fraca

      Eliminar
    2. Anónimo19:29

      "A música de Portugal não se adequa ao esc", e a Bossa Nova do ano passado também não se adequava e o resultado está à vista. Força miúdas!!

      Eliminar
    3. Anónimo19:52

      A vitória do Salvador e da Jamala provaram que não há nenhum género que não se adeque à eurovisão.
      Os fãs eurovisivos em geral são muito ecléticos no que toca a gosto musical, apesar de não terem passado, cheguei a ver o Iriao em tops onde estava também Hungria ou Israel.
      Quanta mais variedade musical, cultural e de línguas cantadas melhor!

      Eliminar
    4. Anónimo21:02

      Já agora também venho numa de dizer que ESC não se tem adequado música, se tivessem meios metiam o instrumental tocado ao vivo e menos karaokes. :~)

      Eliminar
  2. Anónimo19:09

    Horrível... Mas talvez seja a surpresa do ano...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:53

      Surpresa não sei aonde. Já estamos habituados a ficar entre o 20 para baixo. Não é por ser Portugal a organizar este ano que a Europa vai ter pena de nós. A música não tem sentido nenhum nem ritmo.

      Eliminar
    2. Anónimo20:20

      Qualquer coisa como um Top10 e eu ficava imensamente feliz, Top5 delirava, vencer só um milagre é entrava em Out Of Body Experience!

      Eliminar
    3. Anónimo23:15

      A música portuguesa é excelente, tem ritmo sim senhora e uma mensagem poetica. Vamos deixar de ser os velhos do Restelo?

      Eliminar
    4. Anónimo03:50

      É simples, amanhã vamos ver quanto excelente é. Pode ser que depois queira chamar velhos do Restelo ao júri/público europeu.

      Eliminar
    5. Anónimo02:37

      Como o prometido é devido, Portugal em último, Israel em primeiro. Portanto fique aí com a ideia de Velho do Restelo para si, porque de música não percebe de nada. Deve trabalhar na RTP com certeza.

      Eliminar
  3. Anónimo19:56

    Esta subida nas apostas pode começar a reflectir a tendência de votação do júri. Por outro lado, acho que ficamos nos últimos 5, não só pq somos anfitriões, mas também pq a cobcorrência é de peso e a RTP pouco ou nada promoveu a canção pq tonha outras prioridades. Elas também já estão conscientes disso. Será sempre uma apresentação condigna e que nos orgulhará!

    ResponderEliminar
  4. Há muitos candidatos e não é fácil prever a tendência do juri perante Chipre e Israel... Algo me diz que o juri não vai alinhar com Israel e que Chipre também não terá tendência para grandes pontuações do juri. Por isso, Franca, Alemanha e Irlanda podem ser as grandes beneficiadas do juri, pois têm boas hipóteses tanto no juri como no televoto. E assim sendo, França pode sair vencedora.

    Portugal está a colher os frutos da sua estratégia de passar despercebido... Mas é uma incógnita. É daquelas que pode surgir de repente nas preferências... Tudo depende da apresentação... Pessoalmente acho que tem lugar no Top10, mas deverá ficar ali pelo 15.o lugar... Melhor só com uma apresentação excelente e com grande envolvimento do público...
    De qualquer modo Portugal já ganhou com um excelente trabalho de organização, levando a milhões uma imagem muito positiva do País...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo20:16

    Prefiro que ganhe qualquer um menos a Netta e ate que Irlanda e Lituania nao me desagradam

    ResponderEliminar
  6. Anónimo20:23

    Das baladas, a Irlanda é a melhor. E depois tem os dançarinos que fizeram furor na primeira meia-final e fizeram subir em flecha a cotação de "Together", que por si só já tem uma bela melodia. Mesmo assim, continuo a achar que a Lituânia pode ser uma surpresa ainda maior. E, claro, a Alemanha tem sérias hipóteses de ganhar.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo21:26

    Maior surpresa da Eurovisão e com uma boa performance. A da Noruega foi uma desilusão.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo22:58

    Estou a torcer pela Irlanda. Together é a minha favorita desde o início e fico feliz por estar a ser finalmente reconhecida. De qualquer das formas, irei considerar uma vitória se Israel nem a Noruega ganharem.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo23:38

    AI ke bem feita para a noruega pretenciosa !

    ResponderEliminar
  10. que triste a queda da Estônia, é a minha favorita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo03:53

      Vai levar muitos pontos do júri. Em relação ao público vai depender. Esta final é a mais imprevisível de que me lembro.

      Eliminar
  11. Pedro existe possibilidade de Portugal vencer repetidamente? Se assim for será de novo em Lisboa?E na historia da Eurovisão existe algum caso idêntico ao que perguntei acima? Cumps

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:23

      Nao, não é não.. Tens aí as respostas.

      Eliminar