[VÍDEO] Israel: Ouça Netta Barzilai a cantar "A-Ba-Ni-Bi"

Netta Barzilai fez um cover de A-Ba-Ni-Bi, canção israelita que venceu o Eurovision Song Contest 1978.


Israel venceu o Festival Eurovisão da Canção 1978 com a canção A-Ba-Ni-Bi, interpretada por Izhar Cohen & the Alphabeta. O duo somou 157 pontos, mais 32 pontos que o 2.º classificado (Bélgica). Netta Barzilai, representante do país na edição de 2018, fez um cover desse tema na Rádio Kann e publicou o vídeo nas redes sociais. Pode ver o vídeo de seguida:




Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem: RTP

5 comentários:

  1. Anónimo16:16

    Esta Netta é uma autêntica cantora pimba!!!!! Aquelas roupas parecem compradas numa loja dos chineses e o penteado relembra o ar desleixado que tem.... Se ganhar, a Eurosivisão deu dois passos atrás. Isto não tem mensagem, apenas é um momento de pura diversão. Deixaos o schalleger sueco e aderimos ao pimba israelita. SC

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se é verdade que a imagem conta, a liberdade e o direito à individualidade no que toca à indumentária deve ser respeitada. Roupas caras e glamororosas não são correlativas a qualidade ou caráter.
      E no que toca a aspeto e roupas não posso deixar de recordar a crueldade com que muitos brindaram o Salvador no ano passado...

      Salvaguardando no entanto o direito à opinião pessoal emanada e baseada no gosto individual e apresentada com o respeito devido a cada um, não sendo esta música a minha favorita para vencer, não posso deixar de referir que ao contrário do que alguns dizem, ela contém uma mensagem poderosa contra o assédio e abuso perpetrado por alguns homens contra as mulheres.
      Acho também muito inteligente o facto de isto ser feito de forma satírica utilizando metáforas tão emblemáticas da nossa cultura televisiva como o Picachu ou a mulher maravilha... além das onomatopeias que a tantos irrita.
      Respeito o facto de muitos a detestarem como de imensos a adorarem... como também admiro a criatividade e inteligência por detrás da criação desta canção. Seja como for no final é isso que conta, analisar, opinar e respeitar.

      Eliminar
  2. Excelente comentário Rui Duarte! Faz-me alguma confusão aquelas pessoas que criticavam tanto a forma de como vários estrangeiros comentavam o Salvador, estarem a fazer juízos idênticos com a candidata de Israel. Realmente há quem seja muito cego. Lá que não gostem tudo bem, mas dizer que a canção é só galinhada é exactamente a mesma coisa do que dizer que a canção do Salvador era só uma canção lenta para dormir, e a letra que se lixe... Dizer que é tão ridícula é o mesmo que dizer que os gestos do Salvador também o eram! O que é certo é que ambos se exprimem à sua maneira de formas diversas! Podem não gostar, mas a quantidade de comentários ridículos que eu tenho visto de tantos portugueses, intelectuais da música que só vêem a Eurovisão desde o ano passado, levam-me a crer que as canções são apenas avaliadas por aquilo a que soam e parâmetros de gosto pessoal. E depois fazem comentários ridículos à aparência e presença da artista como fizeram com o Salvador. Minha gente, isso não é critério para avaliar algo, soa vago, sem explicação plausível e a ódio.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo22:13

    Rui Duarte, mas que belo comentário!

    ResponderEliminar
  4. Jose joao21:53

    não é a minha favorita mas tenho de admitir que é uma excelente interprete e isso faz toda a diferença na hora de votar

    ResponderEliminar