ESC2018: Conheça a ordem de atuação das semifinais do Festival Eurovisão 2018


A EBU/UER revelou, esta manhã, a ordem de atuação das duas semifinais do Festival Eurovisão 2018. Azerbaijão e Noruega abrem as duas eliminatórias, enquanto Chipre e Ucrânia encerram os dois alinhamentos.

Depois do sorteio em janeiro, em que os 37 países semifinalistas foram divididos pelas duas semifinais e pela parte do espetáculo em que atuariam, a EBU/UER revelou, esta manhã, a ordem de atuação das duas semifinais do Festival Eurovisão 2018. O Azerbaijão será o primeiro país a subir ao palco do Altice Arena, em Lisboa, enquanto que a Noruega, representada pelo vencedor do certame de 2009, abre as hostilidades da segunda eliminatória. Por outro lado, Chipre e Ucrânia serão os últimos a atuar nas respetivas semifinais.




Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

18 comentários:

  1. Anónimo12:46

    Não concordo nada com este alinhamento !!! Que voltem com os sorteios que é mais justo

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:48

    Não percebo porque não é a RTP a decidir a ordem. Por que motivo teve de ser um sueco a vir determinar a ordem das atuações?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:10

      Porque e sempre eoe o responsavel por isso

      Eliminar
  3. Anónimo13:31

    Isto parece feito.. Na primeira semifinal empilharam as boas cançoes todas seguidas e na segunda esta um bocado a sortea

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:50

      Na primeira semifinal todas as músicas são boas, por isso é que estão todas seguidas

      Eliminar
  4. Ricardo Alves13:44

    Olha bem para as semifinais do fc e terás a resposta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:46

      Ui tudo dito

      Eliminar
    2. Anónimo13:56

      O que eu vejo é que Portugal teve de ser sorteado, com o pretexto de que poderia beneficiar a sua entrada, mas a ordem afinal não é decidida pelos portugueses, mas por o sueco, que decide pôr o sei país numa das melhores posições e rodeada por concorrentes fracos.

      Eliminar
    3. Anónimo02:45

      o país anfitrião é sorteado sempre !!! Todos os anos e assim , não foi só este ano

      Eliminar
    4. Anónimo09:29

      O país anfitrião é sempre sorteado, mas, como quem decide a ordem das atuações não é o anfitrião, mas um sueco, quem deveria ser sorteado era a Suécia...

      Eliminar
  5. Coitada da Bielorrússia. Ensanduichada entre o techno-cacarejo e a barítono.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo16:04

    O alinhamento não tem só a ver com o intercalar de musicas calmas com outras mais ritmadas, neste momento a EBU já tem acesso ao que cada país quer levar para a sua apresentação em palco e algumas delas precisarão mais do q os 50 min de cada postcard, daí a necessidade de ficarem no início ou dps das pausas ou intervalos.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo16:07

    Este ano as semi finais tão bem equilibradas , no ano passado as melhores musicas tavam quase todas na primeira semi final

    ResponderEliminar
  8. Da 1ª semi-final escolho:
    4 Belgica
    5 Rep. Checa
    6 Lituânia
    7 Israel
    8 Bielorrússia
    9 Estónia
    10 Bulgária
    11 Macedónia
    13 Austria
    14 Grécia
    Assim 8 boas canções de seguida.
    Quanto à 2ª semi-final é tão fraca que me custa a escolher 10. Para já só 5.
    5 Dinamarca,8 Holanda,13 Hungria,14 Letónia,15 Suécia.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo20:17

    Para mim a segunda semifinal vai ser uma seca massadora, principalmente no inicio: A noruega que é uma cançao chata e que repete sempre o mesmo, depois ronenia que gosto mas que digamos nao e muito animada, e a Servia que também é de um genero transe...

    ResponderEliminar
  10. A 1.Semifinal é bem brutal...tantas bias musicas...acho que vamos ter grandes surpresas..a 2.Semifinal tem algumas boas...mas existe algumas que sao pessimas...infelizmente muitas boas musicas da 1.Semifinal nao vao á final. E ao tema Israel...eu tenho a certeza que nso ganha.. pk nos votos do juri nao vai ter muita sorte.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo02:45

    Todos criticam o sueco mas ao menos ele meteu Portugal ano passado a atuar em 11.. bastava meter a atuar em 2 e já não ganhávamos

    ResponderEliminar
  12. Anónimo10:01

    Sim ganhavamos ... Portugal no ano passado ganhava de todas as formas, quer actuasse em 1º, 2º ou último ...

    ResponderEliminar