[FOTOS] ESC2018: Altice Arena continua a ganhar forma para a Eurovisão

Os trabalhos dentro e fora da Altice Arena, para o Eurovision Song Contest 2018, continuam dia após dia. Veja as últimas fotos disponíveis.


A equipa de produção da Eurovisão 2018 continua a trabalhar afincadamente dentro e fora da Altice Arena para que tudo esteja pronto antes das primeiras delegações chegarem a Lisboa. Os primeiros quilómetros de cabos já são visíveis. A equipa deslocou-se recentemente à EPC, Empresa Portuguesa de Cenários, para verificar os trabalhos de construção das 28 estruturas, apelidadas de costelas. Estas estruturas mover-se-ão no palco mas têm dado algumas dores de cabeça. Pode ver as imagens que revelamos anteriormente AQUI.

(As costelas na fábrica da EPC. A maior tem 13 metros) 

(Conseguir dar movimento a estas estruturas tem causado algumas dores de cabeça. O sistema construído exige que se encontre o centro de gravidade exato)

(20 mil litros de gasóleo às portas da Altice Arena prontos a serem utilizados)


(Começo da construção das cabines dos comentadores, por cima das bancadas. Uma das razões pelas quais a lotação da arena desceu para os 11 mil lugares)

(As paredes laterais ainda terão de ser completamente cobertas)

(No exato extremo da arena, por oposição ao palco, serão instaladas várias luzes que ajudarão ao espetáculo)


(Os quilómetros de cabos necessários começam a ser visíveis)

Veja também Ola Melzig a entrevistar Christer Bjorkman e Mattias Carlsson:

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte e Imagem: M&M Productions

16 comentários:

  1. Anónimo17:17

    Usar geradores a combustível em vez de utilizarem energia feita por painéis solares?? Com o Sol que temos em portugal e que vamos ter em maio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:35

      Não percebe nada do que diz. Vai confiar as necessidades energéticas do evento ao sol disponível nesses dias? Então é nao sabe que os directos são todos à noite? Energeticamente este espetáculo assenta na total redundancia da rede eléctrica nacional, caso seja necessário.

      Eliminar
    2. Anónimo20:38

      Ahahahahah! Sou engenheiro: a energia não é gasta logo na totalidade durante o dia, mas fica bastante acumulada para a noite nomeadamente para os espetáculos!! E depois sim utilizam a rede elétrica nacional... temos de pensar no meio ambiente!! Esta gente não pensa no mundo que vamos deixar às gerações mais novas...

      Eliminar
    3. Hás de explicar como fazes para armazenar a energia...
      Deves ser tanto Engenheiro como o Sócrates!
      Beijinhos
      MMC

      Eliminar
    4. Anónimo00:23

      Sou o anonimo das 18h45. Nem sei por onde começar. É engenheiro de quê? Electrotécnico garanto que nao é de certeza. Não é possível armazenar tamanha quantidade de energia eléctrica, ou melhor dizendo, nao é viável nem fisicamente, nem economicamente nem para o meio ambiente. Não se faz armazenamento eléctrico na rede, nem acumulamos de dia para consumir a noite, o que fazemos é outra coisa, mas a conversa iria ser longa. A maior bateria do mundo que na realidade é uma estação no meio do deserto, pode fornecer 70MWh, para um evento destes necessitamos de 1GWh. Ou seja mesmo colocando a maior bateria do mundo no parque das nações, nao seria possível alimentar o evento.

      Eliminar
  2. Luis Andre Santos17:21

    podiam ter adaptado os camarotes (VIP?), para aí instalar as cabines dos comentadores, mas certamente vão precisar desses espaços para ceder aos patrocinadores .. right?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:23

      Existem caras da TVI que vão lá estar, como: Cristina Ferreira, Manuel Luís Goucha etc...

      Eliminar
    2. Anónimo22:03

      Também pensava que as cabines dos comentadores seriam nos camarotes VIP... É uma pena não poderem usar esses camarotes para o efeito. A lotação da sala assim ficou um pouco pequena.

      Eliminar
  3. Impresionante a última foto com os cabos pelo chão. Que emoção. Só mesmo vocês para conseguirem ajudar-me a levar melhor está minha dor. Não ha doença que acabe conmigo e a emoção que tenho por eurovisão. Deus queria que este algo melhor por Maio, mas seja como seja ao escportugal tenho que agradecer cada notícia que publicais. Obrigado por manter-me informado com meu sonho anual.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo01:15

    acho um exagero estas obras todas.. 1 mes para montar uma estrutura destas... estupidez.. com tantos super concertos de bandas que constroem cenas em meia duzia de dias... acho um exagero desmedido, só isso, para uma sala como a Altice arena que ja ta tao preparada para coisas destas, enfim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:17

      Anonimo das 01:15 o seguro morreu de velho e todo o cuidado num evento desta envergadura é pouco.. serviços bem feitos preparam-se com a devida antecedência..não há exagero nenhum.

      Eliminar
    2. Anónimo16:21

      É de facto pena que a lotação do altice arena tenha ficado mais pequena de 20000 lugares passamos para 11000.. mas em Kiev onde o Salvador foi ganhar a sala tinha uma capacidade p 8000 lugares e o evento tb se fez e correu mto bem.

      Eliminar
    3. Anónimo18:00

      Nunca deves ter visto a Eurovisão. Mas achas que um palcozito de um concerto se compara com todas as instalações necessárias para a Eurovisão? Não só o palco do concurso é massivo e muito maior do que o palco de um concerto normal como ainda é preciso bastidores para 43 delegações, construir uma sala de imprensa, a green room, entre outras coisas. Já para não falar que os ensaios técnicos começam 3 semanas antes do concerto. Até é muito bom eles conseguirem contruir isto em tão pouco tempo.

      Eliminar
    4. Anónimo21:41

      pois ensaios e mais ensaios.. uma parvoice... antes tb se faziam eurovisoes, e ensaiavam 1 ou 2 dias... agora maçam as pessoas com ensaios mesquinhos e repetitivos.. deviam fazer todos como o Salvador que nem iniciou quando devia, e mesmo os que teve de fazer, improvisava sempre... uma parvoice... e exagero de palco sim. não precisavam de palcos tao grandes e de tirar tantos lugares a sala... tantos mega palcos que se constroem por super bandas, e não é preciso isto tudo... mas pronto.

      Eliminar
  5. Anónimo13:24

    Ponham segurança apertada em todos os cantos da casa. Gosto de saber como está a ser construído mas esses promenores de energia em fotos é perigoso.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo16:23

    A capacidade final da arena para o ESC é de apenas 11000 lugares?, de que me lembre deve ser das arenas que mais lugares perdeu, normalmente para um esc a capacidade da arena é reduzida em média entre 4000 a 5000 lugares, na altice arena estamos a falar de uma redução de cerca de 9000 lugares, acho demasiados lugares perdidos.

    ResponderEliminar