ESC2018: "Toy" atinge 10 milhões de visualizações no canal oficial do Festival Eurovisão


O vídeo oficial da candidatura de Israel no Festival Eurovisão 2018 atingiu a marca de 10 milhões de visualizações do canal do certame no Youtube.

O vídeo oficial de "Toy", tema defendido por Netta Barzilai em representação de Israel em Lisboa, ultrapassou a marca de 10 milhões de visualizações no canal oficial do Festival Eurovisão no Youtube. Espanha e Bulgária seguem-se nas visualizações, superando a marca dos 2 milhões, sendo seguidas pela República Checa e Suécia. O vídeo oficial de Portugal conta com 678 mil visualizações, ocupando o 22.º lugar na tabela.


Aceda, de seguida, ao nº de visualizações dos vídeos oficiais no canal do Festival Eurovisão 2018 às 23h00 (hora de Lisboa):*


*De realçar que no caso dos países que contêm mais do que um vídeo oficial no canal do Youtube do Festival Eurovisão apenas foi contabilizado o vídeo com maior número de visualizações.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

15 comentários:

  1. Anónimo23:37

    A Itália tem 16 802 895 visualizações no canal MetaMoroVevo ihihih

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo02:34

      Essa é a lista dos mais vistos no canal oficial da Eurovisão, em tudo caso "Toy" tem cara de "Occidentali's Karma (e essa foi pior porque no canal VEVO teve 180 milhoes de vistas)

      Eliminar
  2. Anónimo00:02

    Mas Israel, Bulgária ets só tem 1 vídeo YouTube, O Jardim tem pelo menos 4 “oficiais” juntei essas visualizações todas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:17

      e mais um que tinha 300 000 que a Eurovisão apagou/ocultou

      Eliminar
  3. Anónimo02:04

    Exatamente !! A rtp nisto falhou muito , publicaram muitos vídeos e as views separaram se todas !! Já para não falar que meteram um vídeo de péssima qualidade no canal oficial da eurovisao que já tinha mais de 100.000 views na altura e depois apagaram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:25

      Em todo o caso o que contará aqui não é quem tem maior número de visualizações, mas o vídeo que , oficial ou não, já foi mais vezes visualizado. Sejamos realistas, não vamos ganhar. Mas as críticas são muito positivas e podemos ter a segunda melhor classificação de sempre. Porque não?

      Eliminar
    2. Anónimo13:42

      Não interessa ganhar este ano, nem seria normal. A única coisa que importava era apresentar uma canção de qualidade, de que nos orgulhássemos e que não fizesse má figura. No entanto, o objetivo não deverá ser alcançado. Segundo este indicador, Portugal fica nos últimos lugares (22.º num total de 26). De acordo com as casas de apostas, ficamos também pela última metade (17.º lugar).

      Eliminar
    3. Anónimo15:31

      Pois aí já não estou de acordo. A tabela nos primeiros 15 vai ser muito oscilante. As associações de fãs pouco contam, as odds também não serão brilhantes dado que um país que ganhou no ano anterior dificilmente tem probabilidades altas no ano seguinte. Sem querer ser demasiado optimista, acho muito mais credíveis os comentários amplamente positivos que o video tem no youtube, ou em blogs com muitas consultas.

      Eliminar
    4. Anónimo18:31

      Atenção, 22º num total de 43 países em vez de 26. O resto a ver vamos.

      Eliminar
  4. Anónimo02:04

    Só 10? A Itália ano passado nesta altura tava com 40...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo07:51

    Incrivelmente um exagero!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo10:28

    Quem acha que Israel tem isto tudo ganho, devia lembrar-se de itália ou Estónia no ano passado. Itália, sendo de lobge favorita, teve uma performance fraca e foi destruída pelo juri que, estrategicamente, não quis minar as hipóteses do seu próprio país a votar no favorito. Estónia foi o exemplo de que não basta medidatismo nas redes sociais. A grande maioria da audiência que vota nunca viu sequer uma vez um vídeo da canção e se não se conecta com a performance em palco, não vai votar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:33

      Exactamente. E mais. As principais favoritas poderão anular-se. Este ano vejo Estónia e Espanha com sucesso junto do público, mas a serem penalizadas pelo juri, e vejo França e Itália a terem bom acolhimento pelo juri e a passarem despercebidas junto do público.

      Eliminar
  7. O top de visualizações está muito incorrecto.
    Para ter uma estatística correta deveriam dividir o número de visualizações pelos dias que os vídeos estão online.
    O vídeo oficial da Albânia foi um dos últimos a ser publicados é obvio que têm uma desvatagem quando comparados com outros mais antigos, como é o caso da Dinamarca.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo18:41

    Eu também acho que o júri pode mudar o rumo à suposta vitória dessa canção. Na minha opinião é uma canção moderna divertida só para ouvir algumas vezes, prefiro outra canção para vencer!

    ResponderEliminar