ESC2018: Revelado o programa oficial do Eurovision Village


Entre 4 e 12 de maio, das 10h00 às 00h00, o Terreiro do Paço receberá a Eurovision Village, evento com entrada gratuita e cujo programa oficial já foi revelado pela RTP.



O Terreiro do Paço receberá, entre 4 e 12 de maio entre as 10h00 e as 00h00, a Eurovision Village. Com o objetivo é envolver a população e os turistas criando uma programação paralela à da Eurovisão, com a criação de um espaço de entretenimento no centro histórico da capital portuguesa, sendo planeada e gerida em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa.

Depois de terem sido revelados os artistas que subirão ao palco do evento (AQUI), a RTP revelou, recentemente, o programa oficial do Eurovision Village, que contará com uma street food, uma zona lounge e de sombras, bem como tendas dos patrocinadores e parceiros do evento.

Os portugueses Beatbombers estreiam o palco do Eurovision Village a 4 de maio, com uma atuação a partir das 21h00. Os Beatbombers, campões mundiais de scratch, fazem ainda parte do alinhamento da Grande Final a 12 de maio no Altice Arena.

No dia 5 de maio o projeto português Discotexas – Lisboa à Noite promete animar o Terreiro do Paço e reunir num só espetáculo músicos, DJ’s, bailarinos, artistas visuais e performers que celebram esta Lisboa contemporânea, plural, virada para o mundo e sobretudo dançante. 

A 6 de maio é dia de tributos a grandes artistas portugueses, com JP Coimbra e Nuno Figueiredo com um Tributo a Carlos Paião, os Moullinex com um Tributo às Doce (atuação que fez parte do Festival da Canção em Guimarães) e Nuno Feist a encerrar a noite com um Tributo a Simone de Oliveira. Ainda no dia 6 de maio e nos écrans do Terreiro do Paço vai ser possível assistir, entre as 17h e as 19h40, à transmissão em direto da Blue Carpet que decorre no MAAT e onde desfilam todos os concorrentes no Festival Eurovisão da Canção, acompanhados pelas suas delegações.

A 7 de maio o Eurovision Village recebe uma noite dedicada aos sons e ritmos brasileiros e africanos, com o grupo luso-brasileiro Banda do Mar às 21h00 e Waldemar Bastos, um dos maiores nomes mundiais da world music, às 22h30.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa atua a 9 de maio entre as 21h00 e as 23h00 e será responsável por apresentar grandes clássicos europeus.

A aposta na nova música portuguesa continua a 11 de maio, com Orelha Negra a atuar às 21h00 e Capicua logo de seguida, com Blaya, Ana Bacalhau, M7 e Marta Ren como convidadas.

4 comentários:

  1. Luís19:46

    UAU lol...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:21

      O que é que tu querias? Cantores pimba e a Madonna?

      Eliminar
    2. Anónimo21:15

      Redundância. Madonna é a Ágata americana!

      Eliminar
  2. Anónimo20:43

    Não eu quero a Madona.

    ResponderEliminar