ESC2018: Israel é a candidatura favorita da OGAE República Checa


Israel recebeu, pela quarta vez consecutiva, a pontuação máxima de um associação da OGAE International. Espanha recebeu os primeiros pontos da edição.



A OGAE República Checa revelou as preferências dos seus associados, tendo sido a quarta associação filiada à OGAE International, a revelar a sua votação. Israel voltou a receber a pontuação máxima, sendo seguido por Chipre e França. Com o quinto lugar nas preferências checas, Espanha recebeu os primeiros pontos (6), sendo o 17.º país a ser pontuado na edição.

Votação da OGAE República Checa
12pts Israel
10pts Chipre
8pts França
7pts Estónia
6pts Espanha
5pts Dinamarca
4pts Austrália
3pts Finlândia
2pts Bélgica
1pt Grécia



Classificação Total (3 de 44)
1.º Israel - 48 pontos
2.º França - 28 pontos
3.º Finlândia - 21 pontos
4.º Chipre - 18 ponto
5.º Austrália - 18 pontos
6.º Suécia - 17 pontos
7.º República Checa - 16 pontos
8.º Bélgica - 13 pontos
9.º Dinamarca - 12 pontos
10.º Estónia - 10 pontos
11.º Bulgária - 8 pontos
12.º Itália - 7 pontos
13.º Espanha - 6 pontos
14.º Grécia - 5 pontos
15.º Noruega - 2 pontos
16.º Alemanha - 2 pontos
17.º Áustria - 1 ponto

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OGAE Internacional / Imagem: ESCPortugal / Vídeo: Eurovision.tv

7 comentários:

  1. Anónimo10:04

    O quê? Não deram pontos à Alemanha, nem à Áustria, nem à Polónia, países vizinhos?! República Checa mal agradecida (foi o que se disse da votação da OGAE Espanha em relação a Portugal)...

    ResponderEliminar
  2. Garanto que não paara implicar...Mas eu não gosto mesmo da canção de Israel.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:17

    Acho que o Israel não vai ganhar, é uma música divertida e tal, mas não vai chegar... Acho que a vitória vai para a França ou Itália

    ResponderEliminar
  4. Anónimo16:16

    Israel vai ganhar no televoto mas vai perder no júri...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo17:02

    Quanto mais 12 pontos atribuem à canção de israel mais a afastam da Vitória em Lisboa. Vai ganhar a França a única que vai reunir boa votação do público e do júri

    ResponderEliminar
  6. Anónimo17:03

    Vai ser engraçado quando começarem os ensaios... quero ver como é que vão pôr ao vivo todas aquelas vozes gravadas.

    ResponderEliminar
  7. Isto tudo é mesmo para gozar. Coisa tão foleira não me ocorre ter visto no Eurofestival, tirando os monstros da Finlândia, que só assim conseguiu quebrar um jejum de mais de 40 anos.Mas Israel não precisa de se sujeitar a tanta vergonha, pois já venceu 3 vezes com 3 belas canções.

    ResponderEliminar