[ENTREVISTA] Ari Ólafsson recorda o dia em que Salvador Sobral tocou no seu coração

"Quando ouvi o Salvador Sobral pela primeira vez a cantar "Amar pelos dois" ele tocou-me de uma maneira muito especial... a mim e a todos os corações da Europa". Foi, assim, que Ari Ólafsson, representante da Islândia no Festival Eurovisão da Canção 2018, descreveu o artista português, numa entrevista ao ESCPORTUGAL, cujo excerto em vídeo pode ver em baixo.

Ari Ólafsson é o representante da Islândia no Festival Eurovisão da Canção 2018. O ESCPORTUGAL falou com o jovem cantor em Londres, entre ensaios e a atuação no London Eurovision Party. Numa conversa sem pressas nem reservas e cujo excerto apresentamos em baixo, o artista começou, sem que fizessemos qualquer pergunta, a falar de Salvador Sobral. "Quando ouvi o Salvador Sobral pela primeira vez a cantar "Amar pelos dois" ele tocou-me de uma maneira muito especial... a mim e a todos os corações da Europa", afirmou de certa forma emocionado, recordando o dia em que decidiu, quase como que por brincadeira, cantar uma versão da canção vencedora da Eurovisão o ano passado. "Tenho cantado a canção sempre, desde que ele ganhou a Eurovisão". E eis que decide gravar um vídeo caseiro para as suas redes sociais. "As reações foram muitas", recorda. "Eu cantei a letra em inglês, escrita pelo Alexander Rybak, e o último verso em português"Em Lisboa, Ari vai cantar "Our choice", uma canção que define como tendo uma mensagem similar a "Amar pelos dois". 

Por estes dias, o islandês já anda algures em Portugal a gravar o seu "postcard". No momento em que conversámos ainda não sabia, nem o destino, nem a experiência. "Não tenho ideia do que irá acontecer... eles queriam levar-me a surfar, mas eu disse logo que não poderia surfar porque ira morrer e comido por uma onda! (risos)
  
Veja o vídeo com um excerto da conversa com o ESCPORTUGAL:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: GOOGLE / Vídeo: ESCPORTUGAL

Sem comentários