[ZONA DE DISCOS #29] Kaiti Garbi – “Spase Tous Deiktes”

Todas as semanas no ESCPORTUGAL, a crítica aos álbuns editados por artistas que participaram no concurso Eurovisão da Canção e/ou seleções nacionais ao longo dos anos. Esta semana o destaque vai para o segundo álbum de Kaiti Garbi.  
O responsável da rubrica é Carlos Carvalho.


Data de lançamento: 20 de dezembro de 2017
Nota: 7,5/10

Já se passaram 25 anos desde a edição em que a Grécia aliou as novas sonoridades da época à essência musical grega e levou ao palco eurovisivo uma ode a Platão e Aristóteles defendida pela voz e postura provocante (porém elegante) de Kaiti Garbi. A passagem pela Irlanda coincidiu com o período de ascensão da estrela no mercado grego. Os anos que se seguiram converteram-na numa das artistas mais importantes da indústria fonográfica do seu país. A 20 de dezembro de 2018 apresentou-nos o seu mais recente trabalho, “Spase Tous Deiktes”.

“Spase Tous Deiktes” exibe uma estrutura pop erguida sobre alicerces sónicos gregos (laïkο-pop) . É um disco de uma veterana cujo estratagema primordial parece ter sido a construção de boas melodias apoiadas na voz de Garbi, numa produção muito semelhante ao anterior “Perierges Meres” (2013). Por outras palavras, é um disco seguro, forte mas talhado para os admiradores de sempre e que muito dificilmente irá conseguir alargar a sua base de fãs. Esta nossa intuição, de certa forma, parece fortificada pela estética adotada para o vídeo oficial de “Vale Mia Teleia”. Kaiti Garbi não arrisca em “Spase Tous Deiktes” - o que funciona sempre como desvantagem para um novo disco– mas apresenta-nos o que bem sabe fazer e fá-lo apresentando alguns temas que se poderão tornar novos clássicos na sua carreira, como são os casos de “Vrehei Mesa Vrehei Exo” e “Koita S’Agapao”, tendo este tema o melhor instrumental de todo o álbum. Do lado mais fraco, “Kardia Alitissia” e “Kaneis San Esena” sobressaem. “Kardia Alitissia” é a faca de dois gumes do disco. Se por um lado tem potencial para se converter num êxito, por outro a produção e a própria linha melódica, de certo modo básicas, não abonam a seu favor. “Kaneis San Esena”, o momento “disco” descontextualizado do álbum, nada acrescenta ao forte leque de 14 temas.

No geral, “Spase Tous Deiktes” não adultera as expectativas desenvolvidas em torno de um novo disco da artista grega, mas também sujeita-se às críticas vorazes que o seu estilo normalmente obtém. No momento de escrita deste artigo, o disco encontra-se no #25 do top grego, contabilizando 6 semanas na tabela, sendo o #16 a sua melhor posição.

Tracklist
 Όλα Πληρώνονται Εδώ // Ola Plironontai Edo
Βρέχει Μέσα, Βρέχει Έξω // Vrehei Mesa Vrehei Exo
 Σπάσε Τους Δείκτες Του Ρολογιού // Spase Tous Deiktes Tou Rologiou
Μια Κυρία // Mia Kyria
Καρδιά Αλήτισσα // Kardia Alitissia
Βάλε Μια Τελεία // Vale Mia Teleia
Σαν Τσιγάρο // San Tsigaro
Ούτε Λέξη // Oute Lexi
Σκόρπια // Skorpia
Σαν Ενήλικες // San Enilikes
Εξομολογήσου // Exomologisou
Έχει Σήμα Η Καρδιά Μου // Ehei Sima I Kardia Mou
Κοίτα Σ' Αγαπάω // Koita S’Agapao
Κανείς Σαν Εσένα // Kaneis San Esena
Αύριο // Avrio

 1º single: Βάλε Μια Τελεία // Vale Mia Teleia 

 Outros vídeos promocionais Σπάσε Τους Δείκτες Του Ρολογιού // Spase Tous Deiktes Tou Rologiou 

 Καρδιά Αλήτισσα // Kardia Alitissia 

 Όλα Πληρώνονται Εδώ // Ola Plironontai Edo 

 Σαν Τσιγάρο // San Tsigaro 

 Έχει Σήμα Η Καρδιά Μου // Ehei Sima I Kardia Mou 

 Temas destacados por Carlos Carvalho: “Βρέχει Μέσα, Βρέχει Έξω” // “Vrehei Mesa Vrehei Exo” e “Κοίτα Σ' Αγαπάω” // “Koita S’Agapao” 

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OPINIAO CARLOS CARVALHO / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários

Temas em Destaque