Grécia: "Ellinikos Telikos" poderá ser cancelado


A final nacional da Grécia para o Eurovision Song Contest 2018 poderá ser cancelada devido à falta de garantias bancárias dadas por duas das editoras envolvidas.



A final nacional da Grécia para a Eurovisão 2018, Ellinikos Telikos, poderá ser cancelada. Segundo avança o newsit.gr, duas das editoras discográficas envolvidas no processo falharam os prazos estabelecidos para enviarem as garantias bancárias exigidas pela ERT, o que levará à desqualificação das propostas submetidas por estas. Assim, apenas a proposta da Panik Records cumpre os requisitos exigidos.

A ERT exigiu que todas as editoras envolvidas na final assinassem um contrato e dessem garantias bancárias, confirmadas por um banco grego, de pelo menos 20 mil euros. Segundo o regulamento da competição, caso isso não aconteça essas editoras devem ser desqualificadas. As editoras Spicy e Spider falharam esses prazos mas a estação pública grega terá estendido o prazo até amanhã.

A ERT continua a planear fazer uma final nacional, que supostamente terá lugar no dia 22 de fevereiro. Mas, caso as garantias bancárias não sejam dadas, a emissora deverá optar por selecionar internamente a única canção que sobra das 5 escolhidas anteriormente: Gianna Terzi – To oniro mou (O Meu Sonho).


Estreante em 1974, a Grécia participou em 38 edições do Festival Eurovisão, tendo alcançado resultados medianos até à mudança de século. Posteriormente, o país tornou-se uma das grandes potências eurovisivas, com três terceiros lugares e uma vitória entre 2001 e 2008. Depois da eliminação em Estocolmo, o país regressou à grande final na edição passada quando representada por Demy e This is Love, terminando em 19.º lugar com 77 pontos.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Newsite.gr / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

1 comentário: