Reino Unido: Partido Nacionalista Escocês quer a Escócia a selecionar o representante do Reino Unido

Um membro do Partido Nacionalista Escocês quer que a Escócia selecione o representante do Reino Unido no Eurovision Song Contest rotativamente, num modelo semelhante ao usado pela Bélgica.


Alyn Smith, deputado no Parlamento Europeu e membro do Partido Nacionalista Escocês, entregou junto da UER um pedido para que a Escócia selecione o representante do Reino Unido na Eurovisão rotativamente. Smith quer que o país use um modelo semelhante ao belga, em que as emissoras francófona e holandesa alternam entre si esta escolha. No Reino Unido, existem quatro emissoras membros da UER: BBC, ITV, STV e S4C. A S4C foi a única, até ao momento, a participar num evento da UER (Choir Of The Year).

Numa entrevista ao Sunday Herald, Alyn Smith afirmou que "é um pouco rancorosa a forma como a BBC faz isto. Isto é uma janela e um palco para o mundo onde poderíamos brilhar mas a BBC encara-o como sendo uma anedota e amador. Esta é uma janela que a Escócia poderia ter a cada quatro anos, ou todos os anos se fossemos independentes, com uma audiência de toda a Europa e mais além. É uma oportunidade para mostrarmos a vibrante cena musical escocesa".

Entretanto, a BBC rejeitou esta proposta dizendo que representa todo o Reino Unido quando participa no Festival Eurovisão da Canção.


Estreante em 1957, o Reino Unido conta com 60 participações no Festival Eurovisão, destacando-se as cinco vitórias (67/69/76/81/97), bem como outras 18 posições no pódio da competição. Contudo, os últimos anos não têm sido gloriosos para o país: desde 2003, o Reino Unido apenas conta com 1 posição no top5 do certame e terminou em último lugar em três anos (2003, 2008 e 2010). Em Kiev, o país foi representado por Lucie Jones e "Never Give Up on You", terminando na 15.ª posição com 111 pontos, sendo o 10.º classificado do júri e o 20.º do televoto. Recorde a atuação de seguida:

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix /Imagem: Exascale / Vídeo: Eurovision.tv

4 comentários:

  1. Concordo com a Escócia: As musicas deste ano por exemplo são TERRÍVEIS!!!!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:36

    Também concordo com a Escócia.

    ResponderEliminar
  3. Rui Vieira11:53

    Concordo plenamente!Esta na altura da BBC dar valor ao Festival da Eurovisão e fazer jus ao á qualidade musical que existe no Reino Unido e respeitar o historial do país na Eurovisão sendo este um dos países mais bem sucedidos na competição. O festival só ficaria a ganhar.

    ResponderEliminar
  4. Apenas uma "dica" (para o futuro): "emissoras francófona e FLAMENGA" (será o mais correcto)

    ResponderEliminar