Portugal: Joana Barra Vaz traz "uma canção de amor" ao Festival da Canção 2018


"Anda Estragar-me os Planos" é o título da canção de Francisca Cortesão e Afonso Cabral para a voz de Joana Barra Vaz que irá competir na primeira semifinal do Festival da Canção 2018. A equipa falou com o ESCPORTUGAL sobre este novo desafio.

"É uma canção de amor" referiu Francisca Cortesão ao ESCPORTUGAL sobre "Anda Estragar-me os Planos", a canção que compôs e escreveu com Afonso Cabral para o Festival da Canção 2018. Sem poder revelar muitos pormenores sobre a canção, não iremos esperar muito mais para ouvir os primeiros acordes, tendo em conta que já amanhã, dia 12, a RTP irá publicar excertos das canções da 1.ª semifinal. A intérprete não tem dúvidas: É "um desafio gigante" participar no Festival da Canção. O excerto em vídeo de seguida:


Francisca Cortesão é cantora, compositora e instrumentista nascida no Porto, em 1983. Minta & The Brook Trout é o seu principal projeto, ao qual se tem dedicado desde 2006. Em 2016 a banda editou o seu álbum, de nome 'Slow'. Entre as várias colaborações contam-se os nomes de Benjamim, David Fonseca, Márcia (FC2017), Sérgio Godinho e Lena d’Água (FC2017). Foi com esta última que, em 2017, integrou a banda que acompanhou a participação de Lena d’Água no Festival da Canção. Afonso Cabral faz parte da banda You can win Charlie Brown, da qual faz parte tambem David Santos (aka David Santos). É licenciado em Ciências da Cultura pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Por seu turno, Joana Barra Vaz é realizadora, compositora e argumentista. É proficiente na guitarra e formada em Piano Clássico, Argumento e Som para Cinema. Em setembro de 2016 funda a editora discográfica Bi-Du-Á, cujo primeiro lançamento é o seu trabalho 'Mergulho em Loba', com produção própria e de Luís Nunes e José Joaquim de Castro. O ano de 2018 marcará a sua estreia no Festival da Canção.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: RTP / Vídeo: ESCPORTUGAL

Sem comentários