Portugal: Bruno Vasconcelos e Nuno Rafael levam o pop ao Festival da Canção

Depois de ter estado na produção da canção "Gente Bestial" interpretada por Jorge Benvinda no Festival da Canção 2017, Bruno Vasconcelos dá, desta vez, a cara e a voz por uma canção do programa da RTP. Falámos com o intérprete e com o compositor Nuno Rafael.
"A música é lindíssima, a letra do Samuel Úria é simplesmente surpreendente e gostei muito de ver a minha voz encaixada", assim descreve em jeito de resumo o intérprete de "Austrália", canção que irá competir na primeira semifinal do Festival da Canção, agendada para 18 de fevereiro. Bruno Vasconcelos dá a voz à letra de Samuel Úria, musicada por Nuno Rafael que, ao ESCPORTUGAL, assumiu tratar-de de uma canção pop. Eis o vídeo com o excerto da entrevista com o ESCPORTUGAL: 


Bruno Vasconcelos é cantor, compositor e guitarrista e regressa ao Festival da Canção após ter estado associado à canção da edição de 2017, "Gente Bestial". Faz parte da banda Ultraleve, que lançou em 2013 o seu primeiro trabalho discográfico que chegou a estar nomeado para um Grammy Latino na categoria de melhor álbum pop contemporâneo. Para o compositor Nuno Rafael é uma estreia no Festival da Canção. No seu curriculum, consta o facto de ter sido um dos fundadores do grupo Despe e Siga, banda que nos anos 90 editou três álbuns. Fez parte do projeto Humanos e é diretor musical dos concertos de Sérgio Godinho. Mais recenbtemente, integrou o projeto Deixem o Pimba em Paz com Manuela Azevedo, Bruno Nogueira, Samuel Úria, Camané, entre outros.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: ESCPORTUGAL / Vídeo: ESCPORTUGAL 

Sem comentários