[Olhares sobre o MESC2018] Quem representará Malta no Festival Eurovisão 2018 em Lisboa?


Dezasseis canções estão na corrida para representar Malta no Festival Eurovisão 2018 em Lisboa. Quem será o grande vencedor do Malta Eurovision Song Contest 2018? Conheça a opinião do painel do Olhares.


Malta escolhe, esta noite, os seus representantes para o Festival Eurovisão 2018, com a realização do Malta Eurovision Song Contest 2018. Dezasseis candidatos estão na corrida, sendo que a gala terá lugar no Ta'Qali e será apresentada por Colin Fitz, enquanto que a votação estará a cargo do público (50%) e do júri (50%).  Claudia Faniello, representante do país em Kiev, é uma das convidadas especiais da transmissão.

Saiba AQUI como acompanhar a transmissão da final nacional de Malta.

Não perca mais tempo e conheça os favoritos do painel do Olhares sobre o Malta Eurovision Song Contest 2018:

Daniel Carvalho aposta em Brooke com "Heart of Gold"
Malta traz-nos aquela que será, provavelmente, a final nacional mais homogénea do ano. A lista de concorrentes é composta maioritariamente por canções pop comerciais bastante semelhantes entre si. Muitas das músicas são boas, mas falta-lhes algo para brilharem completamente e se destacarem - há muito que gosto, mas pouco que adoro. Penso que a Brooke com a sua “Heart of gold” é a melhor aposta que a Malta pode fazer. Apesar das letras deixarem muito a desejar (És lindo como um grupo de lobos com um coração de ouro?) a música tem uma melodia muito doce e infeciosa que cresce ao longo dos 3 minutos e que nos deixa bem alegres quando chega à nota final. Além desta, destaco também a Rhiannon com “Beyond blue horizons” e a Eleanor com “Back to life”, que poderão surpreender com uma boa atuação na noite do concurso. 



Francisco Rodrigues aposta em Eleanor Cassar e "Back to Life"
Eu aposto na canção "Back to life" da Eleanor. Para mim é a melhor a concurso, sendo uma canção óptima defendida com uma cantora bastante capaz. Poderá alcançar um bom resultado na Eurovisão... Juntamente com "Dai Laga" e "Breaking Pont" são as canções que mais se destaque no lote em que todas se parecem muito parecidas... Vamos a ver o que (a) Malta votará.


Hélder Simões aposta em Brooke Borg com "Heart of Gold"
Uma seleção muito fraquinha, com um pequeno lote de canções que se destacam das demais... O mal menor, como diria José Freitas, seria a escolha de Heart of Gold, que até é um belo mal menor. Um bom refrão, uma boa composição... Vamos cruzar os dedos.

Hugo Sepúlveda aposta em Richard & Joe e "Song For Dad"
Malta volta a não me surpreender... como o ano passado. Falta investimento nesta selecção, que só me mostra falta de diversidade e qualidade. A minha aposta é das poucas que até me cativaram nas primeiras vezes que ouvi. Song for Dad não sei se ganha, mas seria a minha escolha. As vozes deles criam uma sensação calorosa e acolhedora: gosto de como o conjunto resulta. Richard e Joe conseguem transmitir sentimento que a letra carrega e acredito que ao vivo consigam criar empatia.  Esta recorda-me um pouco as "vibes" da Coming Home de 2014.

Marcelo Marteleira aposta em Eleanor Cassar e "Back to Life"
E parece que os malteses não aprenderam com o desaire do ano passado em Kiev... O Malta Eurovision Song Contest volta a ser uma das finais nacionais mais desinteressantes da temporada, não havendo uma grande diversidade de estilos musicais entre os 16 participantes. A minha canção favorita é a "Back To Life" de Eleanor Cassar. Destaco também a proposta de Richard e Joe Micallef por ser a mais genuína desta final final.


Nuno Reis Conceição aposta em Richard & Joe e "Song For Dad"
A musa inspiradora desta vez não esteve muito tempo em Malta... uma selecção de canções não muito forte e sem grandes rasgos de criatividade e originalidade. Poucas são aquelas propostas que vejo a disputar o apuramento para a Grande Final, quanto mais terminar a competição num bom lugar. Contudo, tenho um Top 3 definido para o MESC 2018, constituído pelas canções "Song For Dad", "First Time" e "Supernovas", interpretadas por Richard & Joe Micallef, Tiziana e Jasmine, respectivamente. A "espreitar" o pódio encontra-se a proposta harmoniosa dos Dwett, "Breaking Point". Posto isto, aposto em "Song For Dad" para o palco de Lisboa em representação de Malta.


Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 6 comentadores:

1.º Eleanor Cassar - "Back to Life" - 49 pontos
2.º Brooke Borg - "Heart of Gold" - 45 pontos
3.º Richard & Joe Micallef - "Song For Dad" - 40 pontos
4.º Rhiannon Micallef - "Beyond Blue Horizons" - 25 pontos
5.º Christabelle - "Taboo" - 25 pontos
6.º Jasmine Abela - "Supernovas" - 23 pontos
7.º Miriana Conte - "Rocket" - 21 pontos
8.º Mikhail Attard & Cherylis Camileri - "Breaking Point" - 21 pontos
9.º Deborah C - "Turn It Up" - 21 pontos
10.º AIDAN - "See You" - 20 pontos
11.º Matthew Caruana - "Call 2morrow" - 17 pontos
12.º Tiziana Calleja - "First Time" - 15 pontos
13.º  Danica Muscat - "One Step At A Time" - 11 pontos
14.º Petra - "Evolution" - 9 pontos
15.º Avenue Sky - "We Can Run" - 6 pontos
16.º Lawrence Gray - "Love Renegade" - 0 pontos



Quer participar  no Olhares sobre as finais nacionais? Saiba tudo AQUI.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPortugal / Imagem e Vídeo: Google

1 comentário: