Jorge Gabriel: "Fomos aprendendo a gostar de algumas das canções do Festival da Canção"


Pela quinta vez na condução do Festival da Canção, Jorge Gabriel esteve à conversa com o ESCPORTUGAL depois da primeira semifinal do Festival da Canção 2018.

Apresentador das edições de 2005, 2007, 2015 e 2017, Jorge Gabriel realizou, no passado domingo, a sua quinta apresentação no Festival da Canção. Admitindo "subir ao palco como um atleta olímpico entra no Estádio Olímpico", o apresentador garante que tem a sensação de que "qualquer uma nos vai representar muito bem".

Apesar de garantir não ser a sua canção favorita, "Alvoroço", de JP Simões, foi uma das canções que mais surpreendeu o apresentador: "A música tem ali uma explosão que motiva, que nos empolga (...) A primeira vez que a ouvi pensei que houvesse um problema no estúdio. Mas aprende-se a gostar... (...) E acredito que causou em casa um misto de sentimentos" afirmou Jorge Gabriel, abordando, no final da conversa, a sua parceria com José Carlos Malato.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Vídeo: ESCPortugal / Imagem: RTP

4 comentários:

  1. Anónimo10:16

    Mmmmm não gostei nada da canção nem da voz e quando chegou à explosão de luz e som só me lembrei..."isto é no gozo com o Salvador Sobral quando disse que a música não era fogo de artifício" hehe. JP Simões tem canções bonitas mas esta para mim não é.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo10:29

    Comigo aconteceu o mesmo com a canção " Para sorrir não preciso de nada" de Catarina Miranda. Ficou no ouvido. Dou comigo a canta_la. Devia ter uma poção mágica que fez efeito em mim😂😂😂

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:45

      Sim, a melodia do Júlio Resende é um feitiço. Tenho andado a cantá-la mentalmente desde domingo. É tão bonita!

      Eliminar
    2. Anónimo12:36

      "Dou comigo a canta_la"

      Coitados dos teus vizinhos...

      Eliminar