[ESPECIAL] ESC2018: Recorde connosco a carreira das apresentadoras do Festival Eurovisão 2018


A RTP e a EBU/UER revelaram, ao início da tarde, que Catarina Furtado, Daniela Ruah, Filomena Cautela e Sílvia Alberto serão as apresentadoras do Festival Eurovisão de 2018. O ESCPORTUGAL convida-o a conhecer melhor a carreira das quatro apresentadoras.

Depois de longos meses de rumores e suspense, a RTP, emissora anfitriã do Festival Eurovisão 2018, e a EBU/UER, entidade máxima do certame, revelaram, esta tarde, quem apresentará o concurso que acontecerá em maio em Lisboa. Catarina Furtado, Daniela Ruah, Filomena Cautela e Sílvia Alberto foram as escolhidas para a condução do certame.

Recorde AQUI o anúncio das apresentadoras.

O ESCPORTUGAL convida-o a conhecer melhor a carreira televisiva das quatro apresentadoras que, no próximo mês de maio, serão as responsáveis pela apresentação da primeira edição do Festival Eurovisão que acontecerá em solo nacional.

Catarina Furtado

Catarina Cardoso Garcia da Fonseca Furtado, nasceu em Lisboa a 25 de agosto de 1972, sendo filha do jornalista Joaquim Furtado e da professora Helena Furtado. Depois de vários anos na Escola de Dança do Conservatório Nacional de Lisboa, Catarina Furtado ganhou uma bolsa de estudo no Centro Nacional de Cultura: contudo, devido a um acidente num ensaio geral, é obrigada a parar uns meses e entra na recém criada CENJOR, escola de jornalismo. Escolhida para apresentar o programa Top+ na RTP durante um ano, a convite de Maria Elisa abandona o canal estatal rumo à SIC, em 1992, tendo sido a responsável pela apresentação de "Chuva de Estrelas", um dos maiores fenómenos de popularidade em Portugal.


Participante em diversas curtas metragens, Catarina Furtado muda-se para Londres para estudar na London International School of Acting e no Actor's Studio, ambicionando fazer carreira no mundo da apresentação, tendo regressado a Portugal por diversas ocasiões para apresentar alguns conteúdos da SIC. Protagonista da produção televisiva "Fátima", Catarina regressa à apresentação, em 1999, com "Pequenos e Terríveis", tendo participado em diversos telefilmes da SIC, enquanto que a estreia nas telenovelas apenas aconteceu em 2001, onde foi a protagonista de "Ganância". Nomeada embaixadora de Boa Vontade, do Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA), em 2002 conduziu o programa Catarina.com, tendo sido o último trabalho na SIC.


De regresso à RTP, em 2003, para apresentar o programa Operação Triunfo, Catarina Furtado apresentou também as galas do formato que serviram como final nacional de Portugal para o Festival Eurovisão, em 2003 e 2004. Em 2005, apresenta o programa Música no Ar, entrando também no filme "Maria E as outras" e na série portuguesa "A Ferreirinha". No ano seguinte inicia a primeira série do programa Príncipes do Nada, assumindo a condução do programa Dança Comigo. Dá-me Música, em 2009 e 2010, Quem Tramou Peter Pan?, em 2011, e Chef's Academy, em 2014, foram alguns dos projetos apresentados por Catarina Furtados nos últimos anos, tendo sido líder de audiências com a condução do The Voice Portugal, juntamente com Vasco Palmeirim. Em 2015, Catarina Furtado estreou-se na condução do Festival da Canção ao lado de Júlio Isidro na Grande Final, tarefa que repetiu em 2017 ao lado de Sílvia Alberto. Recorde-se também a experiência de Catarina Furtado no canal MTV Portugal.

Daniela Ruah


Daniela Sofia Korn Ruah Olsen nasceu a 2 de dezembro de 1983 em Boston, no estado norte-americano de Massachusetts, tendo ascendência judaica português-marroquina e russo-ucraniana. Aos cinco anos de idade, Daniela vem para Portugal juntamente com a família, ingressando na St. Julian's School, em Cascais, sendo que a carreira artística apenas começa aos 16 anos de idade, quando consegue um papel em Jardins Proibidos, enquanto prossegue os estudos no ensino secundário. Ruma a Londres, onde inicia o seu bacharelato em Artes do Palco na London Metropolitan University.


Regressa a Portugal com o objetivo de desenvolver a sua carreira profissional, tendo integrado os elencos de "Querida Mãe", "Filha do Mar" e "Dei-te Quase Tudo" e sido a protagonista da telenovela "Tu e Eu", transmitida na TVI em 2006/2007. No ano anterio, Daniela Ruah estreou-se na apresentação com a condução do programa 'Cinebox' enquanto que, em 2007, vence a primeira temporada do programa Dança Comigo da RTP.


Com o objetivo de continuar os estudos e iniciar uma carreira internacional, Daniela Ruah ruma a Nova Iorque, tendo ingressado no Lee Strasberg Theatre and Filme Institute. Em 2009, participa no spin-off de NCIS e na nova série de NCIS: Los Angeles como a Agente Especial Kensy Blye, sendo uma das protagonistas da série que conta já com nove temporadas e é transmitida em mais de vinte países. Foi nomeada, em 2010, para os Teen Choice Awards na categoria de Melhor Atriz em Série televisiva de Ação, tendo sido eleita uma das 100 mulheres mais bonitas do Mundo pela revista americana Esquire.


Filomena Cautela

Filomena José Dias Fernandes Cautela nasceu a 16 de dezembro de 1984, em Lisboa. Iniciou a sua carreira em 2000 com a peça Antígona, encenada por Paulo Vaz, encenador que voltou a dirigi-la em Se o Amor For Outra Coisa, de Pedro Paixão, no ano seguinte. Em 2002, Filoma Cautela entra no elenco de Morangos com Açúcar, na TVI, estação onde também participa em Ana e os Sete, Inspector Max e Mundo Meu.


Em 2005, vence o MTV VJ Casting, projeto lançado para escolher o novo apresentador português da MTV Portugal, onde trabalhou nos dois anos seguintes. Regressa à televisão generalista em 2007, integrando o elenco principal de 'Vingança', na SIC, tendo feito participações especiais em séries e telenovelas da RTP1, SIC e TVI nos anos seguintes. Entre 2009 e 2011, foi uma das apresentadoras do 5 Para a Meia-Noite, na RTP2, tendo conduzido posteriormente o programa Fá-las Curtas.


Com a apresentação de Cá Estamos na Globo Portugal e Agora na RTP2 até 2014, no ano seguinte, Filomena Cautela regressa à TVI para integrar o elenco principal da telenovela Santa Bárbara, enquanto que é anunciada como a apresentadora do novo formato do 5 Para a Meia Noite, transmitido à quinta-feira na RTP1. Participante em Ministério do Tempo, Filomena coapresentou a Grande Final do Festival da Canção de 2017, tendo também sido a escolhida para apresentar o voto do júri português no Festival Eurovisão 2017.

Sílvia Alberto

Nascida em Lisboa a 18 de maio de 1981, Sílvia Alberto iniciou-se em televisão, em 2000, como apresentadora do programa Clube Disney na RTP1, seguindo, em 2001, para a RTP2 para apresentar o Clube da Europa. Apresenta o Programa da Manhã, na Mix FM, até 2002, ano em que se muda para a SIC, sendo repórter de diversos programas até que é a escolhida para apresentar as duas primeiras edições do Ídolos, em 2003 e 2004, juntamente com Pedro Granger.


Licenciada em Teatro, no ramo de Dramaturgia, pela Escola Superior de Teatro e Cinema, Sílvia Alberto apresentou, ainda na SIC, as edições de 2004 e 2005 dos Globos de Ouro. Em 2006, regressa à RTP1, tendo-lhe sido entregue a apresentação de Dança Comigo, bem como de Aqui Há Talento, em 2007, Operação Triunfo, 2007/2008, Olha Quem Dança, 2008, Masterchef, 2011, e Topchef, 2012. Paralelamente, frequentou o mestrado em Teoria da Literatura na Faculdade de Letras de Lisboa.


Em 2008 estreia-se na condução do Festival da Canção, tendo sido apresentadora do formato entre 2009 e 2012, bem como em 2014 e 2017 e na semifinal da edição de 2015. Além disso, em 2011, 2013 e 2014 foi a responsável pelos comentários da transmissão portuguesa. Entrou no programa Danças do Mundo da RTP conjuntamente com algumas colegas de estação, sendo que atualmente conduz os programas Sociedade Recreativa e Os Extraordinários. Nos próximos tempos voltará a ser o rosto de Got Talent, ao lado de Pedro Fernandes.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPortugal / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

1 comentário:

  1. Anónimo23:00

    Quando se saberá quem são os apresentadores na Blue Carpet e na conferência?

    ResponderEliminar