[ESPECIAL 2017] Quem nos deixou no ano que passou


Tal como anunciámos AQUI, apresentamos nestes primeiros dias do ano uma série de artigos especiais como balanço do ano de 2017. No ano que agora terminou, muitas pessoas partiram, todas deixaram saudades. O ESCPORTUGAL registou as partidas de dirigentes, apresentadores, autores, compositores e intérpretes que, na sua carreira, marcaram presença e fazem parte da História do Festival da Canção e Festival Eurovisão. Vamos recordar: 


Cláudio Panta Nunes. Recorde AQUI  
Faleceu em plena entrada do novo ano o músico Cláudio Panta Nunes, membro do grupo Corvos. Tinha 32 anos de idade. Em 2007 os Corvos partilharam o palco do Festival da Canção com Marta Plantier. 



João Balula Cid. Recorde AQUI 

O músico João Balula Cid, de 59 anos de idade, morreu a 17 de janeiro num hospital em Lisboa, vítima de cancro. Foi compositor e orquestrador da canção "Saudade que eu sou", interpretada por Carlos Coincas no Festival da Canção de 1998. 

Alberto da Ponte. Recorde AQUI 

O antigo presidente da RTP e empresário Alberto da Ponte morreu a 21 de janeiro, aos 64 anos de idade, vítima de cancro. 

Tara Palmer-Tomkinson. Recorde AQUI 

Três meses depois de revelar a luta contra um tumor cerebral, a apresentadora Tara Palmer-Tomkinson foi encontrada morta a 8 de fevereiro no seu apartamento em Londres. Tinha 45 anos de idade. Em 2003, apresentou em conjunto com Mark Durden-Smith a final nacional britânica para o Festival Eurovisão Júnior. 

Lars Diedricson. Recorde AQUI. 

O compositor sueco Lars Dille Diedricson, vencedor do Festival Eurovisão de 1999, faleceu, a 6 de março, aos 55 anos de idade. Para além da vitória de 1999, naquela que foi a sua primeira participação no certame, Lars Diedricson participou em mais onze edições, destacando-se o segundo lugar de 2001 com "Allt som jag ser", interpretado pelo grupo Barbados. A última participação aconteceu em 2012 com "Don't let me Down", defendido por Lotta Engberg e Christer Sjögren. 

Mário Contumélias. Recorde AQUI 

Em abril, faleceu Mário Contumélias, vítima de doença prolongada. O sociólogo, jornalista e escritor tinha 68 anos de idade. Participou no Festival da Canção com 9 canções, das quais foi autor. O primeiro festival foi o de 1978 onde foi autor de ‘O Largo do Coreto’, interpretada por José Cid. Mas foi com a Suzy Paula que conseguiu o maior êxito, como letrista de ‘O Areias’ (1982), ‘Visitas’ (1981) e o álbum ‘No País da Gente’.

Katy Bødtger. Recorde AQUI

A intérprete representante da Dinamarca no Festival Eurovisão de 1960, Katy Bødtger, faleceu em maio aos 84 anos de idade. As causas da morte não foram reveladas.


Sandra Reemer. Recorde AQUI
Participante no Festival Eurovisão em 1972, 1976 e 1979, a cantora holandesa Sandra Reemer faleceu, a 6 de junho, aos 66 anos de idade, vítima de cancro. A doença havia sido diagnosticada apenas três meses antes.

  


Chris Roberts. Recorde AQUI 
A 2 de julho, faleceu vítima de doença prolongada o cantor alemão Christian Klusáček, mais conhecido como Chris Roberts, aos 73 anos de idade. Representou o Luxemburgo no Festival Eurovisão da Canção de 1985 integrando o sexteto com Margo, Franck Olivier, Diane Solomon, Ireen Sheer e Malcolm.

   


Wilfried Scheuz. Recorde AQUI  

A 16 de julho, faleceu Wilfried Scheuz, representante da Áustria no Festival Eurovisão de 1988. O cantor tinha 67 anos de idade e faleceu vítima de cancro. 


Berndt Öst. Recorde AQUI 
Em julho, faleceu também vítima de doença prolongada o cantor Berndt Öst, representante da Suécia no Festival Eurovisão de 1971 e 1972. Tinha 86 anos de idade. 


Margot Hielscher. Recorde AQUI 
Margot Hielscher, uma das maiores lendas do cinema alemão, faleceu, a 20 de agosto, aos 97 anos de idade. A atriz e cantora sucumbiu durante o sono, no seu apartamento em Munique, vítima de causas naturais. Em 1957, a cantora conquistou o direito de representar a Alemanha no Festival Eurovisão , feito que repete no ano seguinte. 


Seija Simola. Recorde AQUI 
A 20 de agosto, faleceu a cantora Seija Simola, com 72 anos de idade, após doença prolongada. Em 1978, representou a Finlândia no festival Eurovisão da Canção. 


Daniel Pe’er. Recorde AQUI 
O apresentador do Festival Eurovisão da Canção de 1979, Daniel Pe’er, faleceu a 28 de setembro no Hospital de Jerusalém vítima de doença. Tinha 74 anos de idade. 


Joy Fleming. Recorde AQUI 

Joy Fleming, representante da Alemanha na Eurovisão 1975, faleceu a 7 de setembro com 72 anos de idade.

   


Acompanhe todos os artigos do ESPECIAL 2017 AQUI 


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: GOOGLE  / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários