ESC2018: Alekseev abandona competição na Ucrânia... e participa na Bielorrússia


Depois de ter confirmado a inscrição no Vidbir 2018, o cantor Alekseev abandonou a final nacional da Ucrânia para o Festival Eurovisão 2018... e enviou a candidatura para a competição da Bielorrússia.

Considerado um dos maiores nomes da música pop ucraniana, o cantor Alekseev havia revelado recentemente que estava pronto para representar o país no Festival Eurovisão 2018. "Em todas as entrevistas que deu sempre me perguntaram porque nunca fui ao Eurovision... Sempre brinquei com o assunto mas agora a minha equipa sentiu a força necessária para lutar pela vitória no concurso. Estamos acostumados a estabelecer novos objetivos e a superá-los" escreveu o cantor nas redes sociais, confirmando a sua inscrição no Vdibir 2018.


No entanto, a emissora privada ucraniana STB revelou a retirada do cantor do lote de participantes: "A seleção nacional, liderada pelo produtor Ruslan Kvinta, não considera Alekseev como um potencial participante no concurso e como tal não iremos ver o artista na transmissão ao vivo da competição". O motivo da retirada não foi revelado oficialmente, mas o fim da relação profissional entre Alekseev e Ruslan Kvinta poderá ter estado na génese da retirada da competição por parte do cantor.



No entanto, Alekseev não desistiu da participação no Festival Eurovisão 2018. Depois da retirada da Ucrânia, o cantor enviou a candidatura para o Eurofest 2018, tendo sido aprovado pela BTRC. Deste modo, a 11 de janeiro, Alekseev será um dos candidatos que participarão nos castings da final nacional bielorrussa para o certame em Lisboa.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPedia / Imagem: HRS / Vídeo: Youtube

1 comentário:

  1. Anónimo16:55

    Denum certo ponto foi inteligente pois na Ucrania ha sempre excelenes canções.. Ja na final nacional da Bielorrussia so há sempre uma ou duas mais ou menos...
    Para alem disso pode ter sido pago... Visto que tambem pagaram ao Ribak.. Eles querem ganhar

    ResponderEliminar