O Festival Eurovisão Júnior 2018 terá lugar na capital da Bielorrússia, Minsk. Essa será a segunda vez que a cidade recebe o festival dos mais novos. O anúncio foi feito há momentos pela UER/EBU. 

A União Europeia de Radiodifusão (UER/EBU) e a televisão pública da Bielorrússia BTRC anunciaram há pouco que o 16.º Festival Eurovisão Júnior será sediado na cidade de Minsk. 2018 será a segunda vez que essa cidade e país recebem este evento, depois da edição de 2010 ter também decorrido ali. Ao contrário do Festival Eurovisão "dos adultos", aqui não existe a regra de que o país vencedor do festival iria receber a edição do ano seguinte. Desta forma, a UER/EBU convidou todas as estações públicas a organizar a edição de 2018, tendo a candidatura da Bielorrússia sido a vencedora. Não foram revelados os demais países concorrentes e se os houve.


Este anúncio foi feito a pouco mais de um mês da capital da Geórgia receber a edição de 2017 do Festival Júnior. O concurso terá lugar a 26 de novembro em Tbilisi. Portugal irá participar nesta edição depois de uma ausência de 10 anos.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: UER/EBU / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

10 comentário(s):

  1. Anónimo20:05

    Estão com medo que Portugal ganhe este ano. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:35

      impossível de Portugal ganhar alguma coisa, já não é, mas o JESC?! este ano? isso é uma piada lol

      Eliminar
  2. Anónimo20:14

    Isto não tem jeito nenhum... Assim não incentivam os países a participarem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo Alves20:34

      A EBU acha o contrario. A possibilidade de ganhar e organizar a edição seguinte pode fazer com k nao participem, tendo em conta os gastos enormes que eram obrigados a ter para baixas audiencias

      Eliminar
  3. Anónimo21:01

    Vergonhoso organizarem o certame num país com um regime ditatorial...
    Querem matar o JESC. Primeiro a mudança do festival para a tarde, do sistema de voto, agora esta...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:14

      Não é a primeira vez que o jESC vai para a Bielorrússia, e muito menos a primeira vez que um evento eurovisivo vai para uma ditadura.

      Eliminar
    2. Veja o exemplo de Espanha em 1969, o Franco ainda reinava lá com a sua ditadura

      Eliminar
  4. Então a Geórgia ganhar e ser na Geórgia é uma coincidência?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:55

      Não. Nos últimos anso tem sido o país vencedor a organizar

      Eliminar
  5. Anónimo22:54

    Então e se o país que ganhar este ano quiser organizar pro ano como é que é?Não é muito justo virem já anunciar isto sem darem a oportunidade de ver quem ganha e se de facto há interesse ou não na organização do evento... [-(

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top