Cinco anos depois de representar Espanha no Festival Eurovisão, Pastora Soler garante que a experiência em Baku foi uma das mais positivas da sua carreira: "Atirei-me à piscina e consegui um lugar muito decente".

Afastada dos palcos nos últimos três anos por causa do medo do palco, a representante de Espanha no Festival Eurovisão de 2012, Pastora Soler, está de regresso com o lançamento de um novo trabalho, "La Calma". Em entrevista ao Digital People, a cantora falou sobre os pontos altos da sua carreira, destacando a experiência em Baku.

"Atirei-me à piscina, admito que sempre fui muito corajosa, e consegui um lugar muito decente. O melhor de tudo é que os anos vão passando e as pessoas continuam a lembrar-se do meu desempenho como um momento bastante agradável" afirmou Pastora Soler, classificando a sua atuação na Crystal Arena como "muito positiva".

Décima classificada com "Quédate Conmigo", a melhor classificação de Espanha desde o oitavo posto de Beth em 2003, Pastora Soler garantiu que os resultados do país no certame não têm sido justos: "Está claro que as classificações dos últimos anos não foram justas. Nem Barei nem Edurne, por exemplo, mereciam aquelas classificações" defendeu, deixando uma mensagem à RTVE para a escolha do próximo candidato, "Precisamos de uma boa canção, uma boa aposta e pessoas a quem o palco não lhe pareça muito grande. Não podemos escolher artistas com um caminho pequeno".


Pastora Soler representou Espanha no Festival Eurovisão de 2012 com o tema 'Quédate Conmigo', terminando a competição na 10.ª posição com 97 pontos, recebendo a maior pontuação de Portugal, sendo a melhor classificação do país desde 2003. Recorde, de seguida, a atuação:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: FormulaTV / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

3 comentário(s):

  1. Anónimo20:07

    A voz dela foi das melhores daquele ano, mas infelizmente nao concordo com ela quanto às classificações recentes de Espanha.
    Foram mais que merecidas porque para além de "overrated", foram uma desgraça em palco...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:06

    Pastora Soler é a melhor representação de Espanha neste século, com a sua excelente voz e interpretação e com uma letra, orquestração e coro/coreografia (sem rascar cabeças) a condizer. Merecedora da vitória.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo15:00

    Era a minha preferida daquele ano. Preferia-a a "Euphoria", apesar de concordar e reconhecer a vitória da Suécia. Mas Pastora foi perfeita e a canção é maravilhosa. Merecia, no mínimo, o TOP5.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top