A campanha eleitoral para as Eleições Autárquicas 2017 está quase a chegar ao fim. Selecionámos 8 artistas e personalidades ligadas ao Festival da Canção que assumiram publicamente os seus candidatos favoritos. E alguns de forma muito criativa... ou talvez não! 

9 412 461 portugueses vão ser chamados, no próximo domingo, para votar nas eleições autárquicas de 2017, eleições que escolherão os autarcas de 308 câmaras municipais e 3092 freguesias, sendo a 12.ª vez que os portugueses vão eleger os seus autarcas em 43 anos de democracia. Partidos Políticos e Movimentos Independentes (90 candidaturas de cidadãos independentes estão na corrida às Câmaras e 948 às Assembleias de Freguesia) estiveram na rua nos últimos dias, sendo que muitos artistas e personalidade ligadas ao Festival da Canção não tiveram rodeios e apoiaram publicamente os seus candidatos locais. O ESCPortugal traz até si alguns desses casos, deixando o conselho de que, no próximo domingo, saia de casa e exerça o seu direito ao voto.

Marisa Almeida, participante no Festival da Canção Júnior 2006, partilhou nas redes sociais o hino de campanha do candidato do PS à Câmara Municipal de Ovar, Vítor Amaral, mostrando-se bastante orgulhosa por interpretar um tema que "glorifica a cidade de Ovar".


Raquel Guerra, quinta classificada no Festival da Canção 2014, também tem estado bastante ativa na campanha eleitoral. A cantora alentejana apoia a candidatura de Nuno Mocinha, atual presidente do executivo de Elvas, para um segundo mandato, sendo apoiado pelo Partido Socialista. Além disso, Raquel pede a todos para votarem no próximo domingo, visto que "em democracia ainda podemos decidir".

Também em Elvas, Jorge Guerreiro entrou na campanha, mas desta vez, ao lado de Rondão Almeida, antigo presidente da Câmara de Elvas que, depois de impossibilitado de se candidatar novamente nas anteriores eleições, avança agora num movimento independente Elvas Nosso Partido.



Pedro Granger, apresentador do Festival da Canção 2012, manifestou publicamente o seu apoio à candidatura de Davide Amado, candidato do PS à presidência da Assembleia de Freguesia de Alcântara. O candidato recebeu também o apoio de Carlos Quintas, letrista da candidatura portuguesa no Festival Eurovisão de 1978.







Apesar de votar no concelho do Porto, Carlos Coelho, letrista dos temas representantes de Portugal no Festival Eurovisão de 2008 e 2012, garantiu que se interessa mais pela campanha da sua terra, Resende, apoiando a candidatura de Jaime Bernardino Alves, cabeça-de-lista do PSD.


"Todos Por Castanheira", lista independente candidata à Câmara de Castanheira de Pêra, mas que conta com o apoio do CDS-PP e do MPT, foi notícia em todo o país pelo segundo lugar da lista: a cantora Ágata, participante no Festival da Canção de 1979, 1981 e 1982. De realçar que Miguel Barjona, cabeça-de-lista, foi eleito presidente da Câmara em 2013, também numa lista independente.



O candidato do PSD à Câmara Municipal de Porto de Mós, Jorge Vala, foi mais longe na campanha e além de ter adotado uma versão do tema "Um Grande Grande Amor" como hino oficial, teve o privilégio de ter José Cid a interpretá-la.



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: Facebook/Twitter/Sapo

7 comentário(s):

  1. Anónimo23:20

    PS? O partido que nos levou à banca rota? O partido que fez com que Évora, por exemplo fosse das autarquias com maior dívida pública? As pessoas têm memória curta, o PSD sempre teve que governar dívidas! E os bons resultados que têm surgindo nos últimos tempos, não foi trabalho de 1 ano e tal de PS, mas sim aqueles 4 anos que o PSD/CDS PP governaram. Desde quando é que um primeiro ministro toma posse sem maioria? PORTUGAL se tivesse continuado a ser governado pela direita estaria MUITO mais evoluído. Mas as pessoas deixam se enganar com o aumento de salários mínimos, diminuição dos impostos etc... e depois vemos o partido socialista a fazer cativações, ou seja, diminuir os serviços puvlicos para conseguir ir buscar dinheiro a algum lado. (algo que nem está previsto no orçamento de estado). Enfim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo06:01

      Já cá faltava...toma Rennie, estás precisado! E já agora, não te esqueças que o teu amigo Coelho voltou a reafirmar que cortaria 600milhões nas pensões!

      Eliminar
    2. Anónimo08:23

      Publicos*

      Eliminar
    3. Anónimo10:25

      Votem na Ágata! O PS arruinou o país, o PSD s­ó faz m@¢$%... o CDS não sabe nada... só a Ágata nos pode salvar! Reforma agrária sempre!

      Eliminar
    4. Anónimo15:46

      eu posso precisar de Rennie, mas não preciso de inteligência como o senhor(a). Estude economia e aprender que o que o PS faz é iludir.

      Eliminar
    5. Anónimo00:30

      Ai gente.... :-s

      Eliminar
  2. Anónimo01:19

    Voto na Marisa x-)

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top