O reforço da segurança nos aeroportos está a dificultar a vida aos turistas vindos dos países que não são signatários do Acordo de Schengen, como o Reino Unido, a Irlanda ou a Rússia. Os tempos de espera em aeroportos, como o de Lisboa, chega a ser de quatro horas. Mau augúrio para o Festival Eurovisão 2018?

O reforço da segurança nos aeroportos, segundo as novas normas europeias, estava já a causar tempos de espera acrescidos em toda a Europa, mas a situação agrava-se em aeroportos mais pequenos mas com um volume de passageiros maior que a sua capacidade de resposta. É o caso do aeroporto de Lisboa. “Os viajantes enfrentam longas filas e não conseguem entrar nos seus voos. Esperar em filas de quatro horas atingiu recordes nos últimos dias”, disse o diretor executivo da A4E, Thomas Reynaert, citado pelo Jornal Económico. O Jornal The Guardian cita os aeroportos de Lisboa, Madrid e Palma de Maiorca como os mais caóticos por estes dias.

As alterações introduzidas após os recentes ataques terroristas significam que as pessoas que entram e saem do espaço Schengen estão sujeitas a procedimentos de segurança mais rígidos. Assim sendo, os passageiros que chegam aos aeroportos de Espanha ou Portugal podem enfrentar filas de “até quatro horas” e “enormes atrasos” no voos, de acordo com o comunicado da Airlines For Europe (A4E). Em Portugal, os maiores problemas acontecem no Aeroporto Humberto Delgado (Lisboa).

Ao Diário de Notícias, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) justificou as filas com o facto de terem aumentado os voos de longo curso, "o que implica o desembarque ao mesmo tempo de um maior número de passageiros, sobretudo de países terceiros, com rotas mais complexas, requerendo análises de risco mais elaboradas". Fonte oficial do SEF garantiu que tem sido reforçado o efetivo no aeroporto de Lisboa - o único em Portugal onde se têm registado problemas deste tipo. "A falta de diálogo entre a ANA, o SEF e companhias, além do facto de haver só uma zona de chegadas onde se juntam todos os voos", são os grandes responsáveis pelos atrasos, considera Renato Mendonça, do Sindicato dos Inspetores de Fiscalização, Investigação e Fronteiras ao Diário de Notícias. A que acresce o facto de o "aeroporto não estar preparado adequadamente para a sua função e a concentração de voos num mesmo período", como frisou ao DN Acácio Pereira, do Sindicato da Carreira de Inspeção e Fiscalização do SEF.

O jornal El Pais também referiu recentemente ao "caos" no aeroporto de Lisboa: muito pequeno para o número de passageiros, taxas aeroportuárias a subir e bilhetes de avião mais caros que em Madrid ou Barcelona, por exemplo. "Um novo aeroporto deixou de ser uma urgência, agora é uma emergência", afirmou o ministro português Pedro Marques a esse jornal do país vizinho.

Todos os passageiros provenientes de fora do Espaço Schengen poderão, pois, ser obrigados a estar horas nas filas à chegada, e saída, de Lisboa. No caso do Festival Eurovisão da Canção, que será organizado em Lisboa em 2018, espera-se uma concentração de milhares de turistas sobretudo na semana de 6 a 13 de maio. Os passageiros que poderão ter mais problemas nas chegada são os provenientes do Reino Unido, Irlanda, Chipre, Bulgária, Roménia, Rússia, Bielorrússia, Ucrânia, Arménia, Geórgia, Azerbaijão, Albânia, ARJ Macedónia, Montenegro, Sérvia, Israel, Turquia e Austrália.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: DIÁRIO DE NOTÍCIAS, JORNAL ECONÓMICO, THE GUARDIAN, EL PAIS / Imagem: EXPRESSO

14 comentário(s):

  1. Anónimo13:54

    Até lá resolve_se esses problemas ... Quando foi o euro 2004 correu tudo bem e já foi a uns anos.Neste momento devem resolver isso porque é saturante e de má fama.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:36

      Assim também os maus intencionados saberão que são passados a pente fino. Não se entra de qualquer maneira :-?

      Eliminar
    2. Anónimo16:40

      Pois pois

      Eliminar
  2. Este aeroporto é péssimo! Lisboa precisa urgentemente de outro terminal/aeroporto

    ResponderEliminar
  3. Anónimo17:29

    Resolvam isso... Afinal nao ha uma candidatura perfeita...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo19:33

    Claro mais um aeroporto para os contribuintes pagarem, Barcelona já está a sofrer com a infestacao de turistas e já os estão a correr de lá, Lisboa e Porto tem é de se por a pau senão a longo prazo vamos sofrer do mesmo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:23

      Não precisam de um aeroporto novo mas sim de mais funcionários no controlo dos passaportes, é isso que está a causar os atrasos.

      Eliminar
  5. Ricardo Alves00:58

    O aeroporto de lisboa é pessimo, muito pequeno e depois está no meio da cidade. Tomara que nao haja uma tragedia

    ResponderEliminar
  6. Anónimo02:49

    O de Santa Maria da Feira era melhor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:57

      =)) a capoeira das galinhas?

      Eliminar
  7. Tudo se resolve nós é que vamos pagar a custa dos desvios (roubos) que vão sendo feitos aos nossos bolsos...kkkk???

    ResponderEliminar
  8. Anónimo16:50

    Portugal no seu melhor,infelismente não nos sabemos governar,nem orientar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:21

      Será que este comentário também é sempre do mesmo com comentários azedos e a criticar tudo e todos?

      Eliminar
  9. Anónimo02:07

    a serio que estão a comparar as migalhas de pessoas que vêm ver a eurovisão com os milhoes que chegam a Portugal no verão??

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top