A candidatura "Lisboa Histórica, Cidade Global" foi incluída esta sexta-feira na lista indicativa a Património Mundial, pela UNESCO, anunciou a Câmara Municipal da capital portuguesa.


A candidatura "Lisboa Histórica, Cidade Global" foi validada pela UNESCO. É o primeiro passo para poder tornar-se Património Mundial da Humanidade.  A candidatura foi validada pelo Comité do Património Mundial da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), reunido em Cracóvia. Recorde-se que Lisboa é uma das cidades candidatas a receber a próxima edição do Festival Eurovisão da Canção, tal como avançou o presidente da RTP AQUI.

"Lisboa Histórica, Cidade Global" trata-se de uma candidatura “abrangente e integrada, assente no conceito de Paisagem Urbana Histórica, que se estende além da noção convencional de centro histórico e valoriza o contínuo histórico e espacial”, salienta a autarquia. A área proposta corresponde ao plano de reconstrução da cidade, dirigido pelo marquês de Pombal e aprovado em 1758, "incluindo a Baixa Pombalina entre o antigo Terreiro do Paço (hoje Praça do Comércio), a colina do Chiado e a área adjacente ao rio”. Este tipo de proposta, agora validada pela UNESCO, inclui “a topografia do local, a geomorfologia, hidrologia e recursos naturais, o seu ambiente construído, tanto histórico como contemporâneo, as suas infraestruturas acima e abaixo do nível do solo, os espaços abertos e jardins, os padrões de uso do solo e a organização espacial, as perceções e relações visuais”, lê-se no comunicado.

Para além de outros elementos da estrutura urbana, são também incluídos neste projeto “práticas e valores sociais e culturais, processos económicos e as dimensões intangíveis do património relacionado com a diversidade e identidade”.



Para o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, a notícia reveste-se "de enorme importância para o Município que assim vê reconhecido o trabalho preparatório já feito e encara, desde já, com empenho o desafio para o seu aprofundamento, com vista a apresentar Lisboa como uma cidade singular nas suas características – uma urbe em constante transformação, onde coexistem o antigo e o contemporâneo, cosmopolita, inclusiva, sustentável e solidária – candidata a ser distinguida como Património da Humanidade”.

Em Portugal há quatro centros históricos que já se encontram inscritos como Património Mundial da UNESCO: Zona Central de Angra do Heroísmo, desde 1983; Centro Histórico de Évora, desde 1986; Centro Histórico do Porto, desde 1996; e o Centro Histórico de Guimarães, desde 2001. Para além disso, há outros locais e monumentos inscritos, como o Convento de Cristo em Tomar (desde 1983), a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa (desde 1983), o Mosteiro da Batalha (1983), a Paisagem Cultural de Sintra (1985), o Mosteiro de Alcobaça (1989), a Arte Ruptestre do Vale do Côa (1998), a Floresta Laurissilva da Madeira (1999), a Região Vinhateira do Alto Douro (2001), a Paisagem da Ilha do Pico (2004), as fortificações de Elvas (desde 2012) e a Universidade de Coimbra (2013).


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA, ESCPORTUGAL / Imagem: GOOGLE

23 comentário(s):

  1. Raquel Assunção12:46

    Acho muito bem. Mas a Câmara tem de ter atenção aos muitos buracos no passeio, ao lixo - é terrivel o lixo sobretudo à noite. Se o ESC for em Lisboa, vai ser uma vergonha. O aeroporto é tambem vergonhoso. Os jornais hoje noticiam que para fazer o controlo dos passaportes ontem houve filas com mais de duas horas!!! Imagino uma Eurovisao assustadora para quem vier uma ou duas semanas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:53

      Então Lisboa não é o ex-libris de Portugal xD Também tem factores menos bons ;)

      Eliminar
    2. Anónimo13:19

      Óbvio. Nenhuma cidade é perfeita. Todas as cidades têm aspetos negativos, Lisboa não é excepção

      Eliminar
    3. Se o ESC for em Lisboa vai ser uma vergonha lol lê-se com cada disparate!!!

      Eliminar
    4. Anónimo22:46

      Se o ESC vai ser uma vergonha em Lisboa imaginem o que será se for em qualquer outra parte do país!!! =)) =))

      Eliminar
    5. Anónimo02:28

      Anonimo das 22:49 porque? O que Lisboa é a mais que o resto do país?
      Se o palacio de cristal estivesse em condiçoes a ver se o Porto nao fazia uma Eurovisao tao boa ou melhor que em Lisboa..

      Eliminar
    6. Anónimo16:27

      Lol não

      Eliminar
    7. lamento informar mas o Palácio de Crsital foi demolido em 1951 e o Pavilhão Rosa Mota é uma barraca comparado com o Meo Arena

      Eliminar
    8. Anónimo17:03

      Pois eu vi um video de um famoso que foi visitar o Porto e aquilo parecia uma cidade triste, cinzenta, atrasada, em ruínas. Pelo menos em Lisboa tem havido bastante recuperaçao.

      Eliminar
    9. Anónimo17:04

      02:28 só o facto de considerares o Palacio de Cristal como opção diz tudo das condiçoes que ha no porto...

      Eliminar
    10. Anónimo17:30

      o Aeroporto é vergonhoso??? o aeroporto é um dos melhores da Europa na sua dimensão de 15-25 milhoes de passageiros por ano...

      vai inventar pra tua terra..

      Eliminar
    11. Anónimo17:32

      Tão simplesmente a cidade que vai acolher o ESC 2018, Lisboa... o resto é conversa.

      Eliminar
  2. Anónimo12:58

    Lisboa é linda :)

    ResponderEliminar
  3. Se a cidade de Lisboa ficar registada como património mundial,é bom que fique também todo o lixo que a percorre, mais as inúmeras portas de entrada de edifícios apodrecidas, a sujidade nas paredes de muitos prédios, a ferrugem, o desconforto da maioria dos transporte públicos para quem precisa de viajar neles, etc. Sem isso o registo ficará incompleto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:26

      E o que é que você fez para mudar isso? Não basta falar para o ar, todos podemos fazer algo para mudar... Porque não vai para Santos apanhar os copos nas sextas de manhã? Ou porque não vai para o Bairro Alto lavar as paredes que servem como mictório? Percebeu onde quero chegar? Todos querem mudança, mas através da prática do bitaite e não da mudança de atitude...

      Eliminar
    2. Fale por si. Eu não faço essas porcarias, não tenho que limpar a m. dos outros. É quem tem a responsabilidade de zelar pelo bem estar dos munícipes que deve pôr a funcionar os mecanismos necessários.Se as eleições não servem pra nada então não vale a pena fazê-las.

      Eliminar
    3. Não é a cidade que vai ser classificada...duyhhhh nem conseguem ler uma noticia em condições!
      É apenas a baixa Pombalina

      Eliminar
    4. Não é a cidade de Lisboa é a baixa pombalina... Santa ignorância.

      Eliminar
    5. Anónimo17:07

      E mesmo assim consegue ser mais limpa que o Porto, que está num estado ainda pior, uma cidade cinzenta, cheia de lixo e casas em ruínas, atrasada em comparaçao com Lisboa. Pelo menos em Lisboa lá se vai recuperando algumas casas e monumentos e têm demolido bairros ilegais e favelas. No porto isso ainda existe. Basta ver o que dizem muitos estrangeiros. O Porto continua na mesma pasmaceira, infelizmente...

      Eliminar
    6. Anónimo17:34

      caso não saibas, Lisboa já tem 2 monumentos como património da humanidade: Torre de Belém e Mosteiro dos Jerónimos... mas a vossa ignorância é muita.

      Eliminar
    7. ...e o mar da palha...

      Eliminar
  4. Anónimo17:29

    Tão simplesmente a cidade que vai acolher o ESC 2018... o resto é conversa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que terá de ser na capital,nem outra coisa será de esperar.Mas atenção, até lá é preciso que Lisboa seja apresentada de cara lavada aos inúmeros visitantes que irão aparecer e vão querer ver a cidade, pois há zonas que estão uma verdadeira vergonha.

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top