Bülent Özveren, antigo comentador turco no Festival Eurovisão, revelou que a Turquia e a Eslovénia tinham um sistema de partilha de votos. Contudo, os dois países apenas partilharam 15 pontos ao longo da história comum.

No passado mês de abril, Bülent Özveren, comentador da transmissão turca do Festival Eurovisão em 30 edições, esteve numa estação de rádio a falar sobre as participações da Turquia no certame internacional. Os métodos de seleção da TRT, a organização do concurso em 2004 e a vencedora do Festival Eurovisão de 2016, Jamala, foram temas da conversa na rádio.

Contudo, o comentador turco denunciou a existência de um sistema de partilha de votos entre a Eslovénia e a Turquia: "No passado, quando o sistema de votação era de 100% a cargo do júri, os jurados da Turquia e da Eslovénia concordaram em partilhar cerca de 5 pontos. Isto tudo porque o público turco estava furioso com as más classificações do passado...".

As declarações causaram polémica nas redes sociais, mas após uma análise às votações entre os dois países, as declarações parecem não ter grande validade. Com quase 20 anos de participações em conjunto, os dois países entregaram 15 pontos um ao outro em três ocasiões distintas: a Turquia recebeu 3, 10 e 2 pontos da Eslovénia em 1995, 2003 e 2010, respetivamente, enquanto a Eslovénia foi galardoada com 10, 3 e 2 pontos em 1997, 1998 e 2011, respetivamente. Em 1993 e 1995-1997, anos em que os dois países votaram exclusivamente por júri, os dois países nunca se votaram mutuamente na mesma edição.

Além disso, Bülent Özveren garantiu que a Turquia ponderou regressar ao concurso em 2015: "O diretor geral da TRT, Senol Göka, garantiu-me há dois anos que a Turquia iria regressar. Mais tarde mudou de ideias... Enquanto se mantiver aquela direção, não há qualquer esperança do regresso (...) A decisão do abandono foi errada: a TRT apenas dominava as audiências nas noites de Eurovisão. O público turco adora a Eurovisão. Apesar de não participar, a TRT poderia transmitir... Fiz questão de dizer tudo ao diretor-geral em março passado, mas não serviu de nada" afirmou.



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovisionheadline / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

2 comentário(s):

  1. Anónimo10:44

    A fazer birrinha...a Turquia gostava era do televoto a 100% e a sua enorme diaspora a dar pontos por todo o lado! Raio de gentinha...

    ResponderEliminar
  2. Eu devo ser o único que não tem qualquer interesse no regresso da Turquia, e não é devido à troca de pontos :-) eles agora têm o Turkvision song contest!

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top