A European Broadcasting Union discute este mês as sanções que vai aplicar contra a Ucrânia e a Rússia, devido ao caso Julia Samoylova.


Foi o principal caso que marcou as semanas anteriores ao Festival da Eurovisão 2017. As autoridades ucranianas descobriram que Julia Samoylova, representante russa no evento europeu, entrou na Crimeia sem pedir autorização, reconhecendo assim a soberania russa sobre a península. Devido a esta investigação, a cantora foi impedida de entrar na Ucrânia. A UER tentou encontrar uma situação para o caso, oferecendo a possibilidade de Julia Samoylova cantar via satélite. Russos e ucranianos rejeitaram todas as possibilidades e o ChannelOne acabou por decidir retirar-se da Eurovisão.

A União Europeia de Radiodifusão vai agora discutir as sanções que vai impor a estes países por terem desrespeitado as normas do concurso. A reunião ocorrerá a 12 de junho, um dia antes do primeiro encontro entre a entidade europeia e a RTP para discutir a Eurovisão 2018. Os dois países podem ser sancionados com apenas uma multa ou, no pior dos casos, serem impossibilitados de participar durante alguns anos.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: esctoday / Imagem: ZDF / Vídeo: eurovision.tv

8 comentário(s):

  1. Anónimo19:13

    Estamos a falar e Rússia... É óbvio que nada vai acontecer. Este ano perderam 20 milhões de espectadores... se alguém for punido sao os ucras...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:51

      Uma nao participacao para eles porque a russia ja pagou ao nao participar este ano e assim pagava so mais qualquer coisa..

      Eliminar
  2. Anónimo19:24

    Acho muito bem... Russia e Ucrania castigadas.. Nao participacao da Ucrania num ano e para a Russia multa pesada ( porque ja ficou sem participar este ano). Mas se forem nao partivipacoes espero que nao sejam aplicadas ja em 2018

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21:31

    Lolol. Querem sanções de não participação mas não querem para 2018. Incoerência aos montes lol

    ResponderEliminar
  4. Anónimo23:12

    Neste caso a UER só pode penalizar a Ucrânia, porque antes de mais a Russia ja foi penalizada ao ser impedida de participar este ano, por outro vai penalizar a Russia porque? Por uma sua cidadã Europeia ter entrado num pais Europeu!?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:35

      sua cidadã Europeia? QUAC! Sabes lá se ela nasceu na Europa! Pode vir das estepes ao norte da Mongolia!

      Eliminar
    2. Anónimo00:52

      Concordo que a Russia ja foi castigada..

      Eliminar
    3. Anónimo01:52

      23:35 Imaginando que não é cidadã europeia. Vai a UER penalizar o quê, diga lá? Tanto que a Ucrânia não permitiu a participação Russa por sua iniciativa, não por impedimento da UER, antes pelo contrário!

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top