O diretor-geral da NTU confirmou que os 15 milhões de euros que a emissora transferiu para a EBU/UER, como garantia da organização do Eurovision Song Contest 2017, estão congelados num banco suíço.


De acordo com a ata de uma reunião da NTU, emissora organizadora da Eurovisão 2017, a garantia financeira dada pela Ucrânia à União Europeia de Radiodifusão, no caso de não poderem receber o evento europeu, foi congelada em Genebra devido a uma ação judicial. O diretor-geral da NTU não revelou quem interpôs o processo mas afirmou que diz respeito ao facto da emissora dever dinheiro pelo uso dos serviços da Euronews. De acordo com ata, as autoridades ucranianas não querem providenciar o suporte legal necessário para conseguir devolver os fundos ao governo ucraniano.

A União Europeia de Radiodifusão solicitou às autoridades ucranianas uma garantia financeira no caso de serem incapazes de sediar a competição. Os 15 milhões de euros solicitados estão presos numa conta bancária suíça pois não precisaram de ser usados. Esta foi a primeira vez que a UER exigiu esta garantia financeira ao país anfitrião do Festival Eurovisão da Canção.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: eurovoix /Imagem: eurovision.tv

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top