O Channel 24 fez uma investigação aos custos do Eurovision Song Contest 2017 e apresentou os números detalhados. A Ucrânia investiu 18,5 milhões na produção do evento.


O canal ucraniano Channel 24 fez uma investigação detalhada aos custos da Eurovisão 2017 e descobriu que foram feitos cerca de 500 pagamentos pela entidades ucranianas. No total, e excluindo as obras de requalificação do International Exhibition Centre, o Festival da Eurovisão 2017 custou 18,5 milhões de euros. O orçamento inicial previa um investimento de 15 milhões de euros.

Os custos de organização dividiram-se da seguinte forma:
2 686 535€  – Luzes
1 101 348€  – Projetores e ecrãs
1 039 463€  – Construção do Palco
913 564€ – Produção Vídeo e TV
784 510€ – Bancadas
679 230€ – Voos
530 737€  – Criação das animações nos LED's
529 595€  – Equipamento de som
484 357€  – Vídeo vigilância

Para além destes custos mais avultados, foram ainda gastos 19 517€ com a cerimónia da passadeira vermelha, a maior de sempre. Quanto aos convidados musicais, os ONUKA receberam apenas 1 500€, Ruslana 13 121€ e Jamala 32 850€. 

Apesar de todos estes custos, os primeiros números da organização ucraniana apontam para um lucro de 5 milhões de euros. Kiev recebeu 60 000 visitantes durante a semana eurovisiva, sendo que 20 000 foram estrangeiros e 40 000 nacionais. Calcula-se que estas estadias tenham representado uma receita de 35 milhões de euros. Pode conferir os números AQUI.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: wiwibloggs / Imagem: ukraniantravelblog

15 comentário(s):

  1. Anónimo01:38

    O Salvador para o ano pode ganhar uma bem merecida pipa de massa. Deviam convidar tb os The Gift, Amor E, ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:28

      Claro que não! Que música mais antiquada. Há muitas dessas bandas que não cativam nada audiências. Por muito que me custe gostava que fossem cantores mais pop e novos: David carreira. Diogo Piçarra, Carolina Deslandes, April, Ellanor, HMB, Agir etc

      Eliminar
    2. Anónimo17:08

      A Ella Nor até já montou a tenda no MEO Arena lol
      Concordo com o anónimo das 01:38. Tanto os The Gift como os Amor Electro são atualmente os melhores de Portugal a nível de bandas. Aliás, os The Gift fartam-se de dar concertos no estrangeiro e eu como acompanho o trabalho deles de forma assídua (o mesmo digo dos Amor Electro), vi ainda há dias que estiveram no Reino Unido a dar concertos, hoje vão à Alemanha e em junho nos EUA. Nem todos os artistas portugueses fazem isto.

      Ah... e deixem-me só sugerir um outro nome que não vejo aqui na vossa lista, de ambos os anónimos: Aurea.

      Eliminar
    3. Anónimo17:13

      Amor Eletro antiquado??? Só eles batem essa lista toda de pseudo-artistas que referiu...

      Eliminar
    4. Anónimo22:32

      anónimo das 17.13 não ligues ele é festivaleiro

      Eliminar
  2. Convidar nomes americanos e melhor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:28

      Concordo!! Como a Lady Gaga q não foi este ano

      Eliminar
    2. Anónimo17:08

      Dêem a nacionalidade americana à Maria Leal e tá feito

      Eliminar
    3. Anónimo17:12

      Sim, a Lady Gaga, que tem sobrenome Português, faria todo o sentido!

      Eliminar
    4. Anónimo17:26

      Para isso chamávamos a Nelly Furtado

      Eliminar
    5. Anónimo01:39

      Convidar nomes americanos.... Essa é para rir!

      Eliminar
  3. Anónimo12:27

    Quem dera que nós, portugueses, estivéssemos habituados à transparência nas contas, ainda para mais em um espaço de tempo tão curto! Ainda não foram divulgados os custos do FC (incluindo o número total de chamadas que cada uma canções recebeu, quer nas semifinais quer na final!), quanto mais o custo da participação portuguesa no ESC, detalhadamente, como o fazem os países desenvolvidos. Grato à Ucrânia e à EBU pelo ESC deste ano! Namasté.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:05

      Com a simplicidade deste ano foi para aí 100 euritos.

      Eliminar
    2. Anónimo18:39

      Transparência nas contas num país como a Ucrânia? Está a falar a sério, ou é sarcasmo? Lol

      Eliminar
  4. Anónimo15:29

    Isto so mostra que a informação que outrora lançaram não estava correta, acontece. Desde quando é q uma Lady Gaga pede 6000 euros menos do que uma Jamala ou Ruslana ganha...

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top