Valentina Monetta revelou que poderá voltar, já em 2018, ao Eurovision Song Contest. No entanto, não o deverá fazer por São Marino.


Valentina Monetta já participou por quatro vezes no Festival Eurovisão da Canção, três delas participações consecutivas. A cantora representou o micro-Estado de São Marino na Eurovisão 2012, 2013, 2014 e 2017. Apenas conseguiu a qualificação para a grande final uma vez, em 2014, naquele que continua a ser o melhor resultado de sempre do país.

Depois de uma participação falhada em Kiev, e de obter o seu pior resultado na Eurovisão, Valentina Monetta afirmou ao portal Libertas que "não sei o que acontecerá no próximo ano, tal como não sei o que farei nos próximos anos. Por agora estou a considerar participar pela quinta vez na Eurovisão, mas não em representação de São Marino. Estou a considerar algumas propostas enviadas por outros países que me gostariam de vê-los a representar em Portugal em 2018. Não estava à espera de ser tão apreciada pelas delegações de outros países".

São Marino já demonstrou o seu descontentamento com a forma como funciona o Festival da Eurovisão. De acordo com a SMRTV, a organização não atendeu aos pedidos do país por este ser pequeno e não ter impacto no concurso. A TV são-marinense não exclui a possibilidade de se retirar da Eurovisão.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCUnited / Imagem e Vídeo: eurovision.tv

22 comentário(s):

  1. Anónimo15:08

    Nano estou a ver quem queira --'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:31

      Nano? Nanoooo TRIGGERED HOLD ONNNNNN

      Eliminar
  2. Anónimo15:36

    Talvez a Suécia Lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:41

      ahahaha

      Eliminar
    2. Anónimo17:18

      Ela recebeu duas propostas uma de Malta e outra da Irlanda

      Eliminar
    3. Anónimo17:36

      E porquê a Suécia? Mais depressa é Portugal.

      Eliminar
  3. Anónimo15:43

    Ela curte mesmo a Eurovisão, é assim mesmo :D
    Escrevam o que eu digo, na Eurovisao 2030 vamos ver a 17ª participação da Valentina xDD

    ResponderEliminar
  4. Anónimo16:07

    Ahahah fiquei todo *TRIGGERED* !!! Enganei-me a ler e percebi que ela queria representar Portugal na Eurovisão! Que medo! :-) Ahah

    ResponderEliminar
  5. Anónimo16:12

    Isto não tem a haver com o tema, mas acham que a team de suecos residentes (Björkman e Ola Melzig) vêm para Portugal produzir o ESC como em alguns anos anteriores? Ou isso caberá apenas a RTP? E que o ano passado a NTU tinha produtores e eles é que produziram...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:43

      Aposto que sim!
      E se calhar até fazem bem, porque deixa na mão da RTP tudo.... não fico muito tranquilo

      Eliminar
    2. Anónimo13:57

      Não concordo. Acho que a RTP já mostrou em 2017 que é bem capaz de produzir uma Gala com elegância e bem organizada, como vimos na Grande Final do Festival da Canção 2017, que foi bastante bem recebido pelos telespectadores.

      Eliminar
  6. Anónimo16:36

    Amo a Valentina e quero o êxito dela! Força!
    Há muitos países que ela poderia representar muito bem. Como não a vejo a participar por Itália, Grécia ou França, gostava de a ver a participar por algum país de leste ou algum país dos Balcãs.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo16:41

    Valentina Monetta, a fã nº1 do ESC <3 :-)

    ResponderEliminar
  8. Anónimo16:48

    Valentina, representa a Macedónia que eles bem precisam

    ResponderEliminar
  9. Anónimo22:44

    Ah. E que tal o Luxemburgo?...

    hihihi

    ResponderEliminar
  10. Anónimo12:48

    Que tal o Vaticano? Hahahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:38

      Parece-me bem. O Vaticano podia ser convidado a participar como convidado no interval act.

      Natércia

      Eliminar
  11. Anónimo14:12

    Comentei sem ler a sequência de comentários. :-) :-)

    O Vaticano como país convidado no interval act? Tudo bem. Um coro de padres gregorianos. Uma mensagem de paz e esperança. Tudo bem.

    A Valentina a representar o Vaticano? Nunca na vida. Só podem estar a gozar. Nem o Vaticano seria bem representado por ela. Ela que tente a sua sorte em Malta ou noutro sítio qualquer.

    Natércia

    ResponderEliminar
  12. Anónimo14:52

    Desde que não seja Portugal, está tudo bem.

    ResponderEliminar
  13. O Vaticano e independente devia participar

    ResponderEliminar
  14. Anónimo23:23

    Já agora Mónaco ou Andorra...

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top